Quinze países ainda barram entrada de carne brasileira após Operação Carne Fraca

Publicado em 25/04/2017 12:13
318 exibições

Quinze países ainda estão com suspensão total para as carnes brasileira cerca de 40 dias da Operação Carne Fraca. JBS, Marfrig e Minerva Foods retomaram as atividades de abates e desossa em unidades mato-grossenses, após 20 dias de férias coletivas para equilibrar os estoques que se “acumularam” com interrupção dos embarques e consumo interno contido.
 
De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), até segunda-feira, 24 de abril, estavam com suspensão total para embarques de carnes bovinas, suínas e de aves, além de embutidos, Argélia, Iraque, Bahrein, Congo, Antígua e Barbuda, Moçambique, Guiana, Santa Lúcia, Suriname, Trinidad e Tobago, Vietnã, Zimbábue, São Vicente e Granadinas, Albânia e São Cristóvão e Névis.
 
Ainda segundo informações do Ministério da Agricultura, aceitaram as medidas apresentadas pela pasta e reabriram 100% o mercados Hong Kong, Kuwait, Jordânia, Egito, Dominica, Israel, Jamaica, Granada, Paraguai, Namíbia, Belize, Austrália, Bahamas e Coreia do Sul.
 
Já com suspensão parcial ou inspeção reforçada estão Estados Unidos, Argentina, Cingapura, Geórgia, Filipinas, Rússia, Malásia, Emirados Árabes Unidos, China, Iêmen, Cuba, Espanha, Chile, África do Sul, Benin, Canadá, Catar, Dinamarca, Reino Unido, Irã, Peru, Barbados, Gabão, Macau, Estônia, Japão, Finlândia, México, Marrocos, República Tcheca, Seicheles, Suíça, Tunísia, União Européia, França, Suécia, Angola. Arábia Saudita, Bélgica e Eslováquia.

Leia a notícia na íntegra no site Olhar Direto.

Tags:
Fonte: Olhar Direto

Nenhum comentário