Produção de carne em MS leva vantagem sobre outros estados

Publicado em 09/06/2011 07:43 323 exibições
Mato Grosso do Sul é um estado emergente e sortudo. Perto do sistema portuário, a exportação de carne leva vantagem comparada a Mato Grosso e Pará, outros estados brasileiros em plena expansão pecuária.

“A qualidade da carne produzida aqui é reconhecida mundialmente pelos negociantes e apreciadores da carne. Estava na hora de Mato Grosso do Sul começar a se impor como formador de opinião e não apenas produtor”, exalta o ex-ministro da Indústria, do Comércio e do Turismo, Marcus Vinícius Pratini de Moraes, um dos palestrantes do Congresso Internacional da Carne 2011, que começou hoje e vai até amanhã em Campo Grande.

Ele pediu atenção para os chamados temas do futuro: ampliação do consumo de alimentos e de matérias primas agrícolas. Para Pratini, assegurar a estabilidade alimentar é fundamental. “O Brasil é o maior exportador de alimentos, são U$ 85 bilhões de exportação e apenas U$ 11 bilhões de importação”, ressalta o ex-ministro.

Futuro

Contudo, o Brasil ainda enfrenta barreiras sanitárias que por alguns momentos já impediram a exportação para países da União Europeia. “Este protecionismo sanitário diminui cada vez mais, porque a própria Europa tem problemas sanitários. Minha sugestão é nos organizarmos para aproveitar esse aumento do potencial do mercado internacional”, argumenta Pratini.

O mercado de carne deve triplicar nos próximos 40 anos. Não por conta do natural aumento populacional, mas da melhora da renda do consumidor em países emergentes, como o Brasil.

Tags:
Fonte:
Correio do Estado

0 comentário