Para as carnes, o sétimo mês de 2011 foi o pior julho em três anos

Publicado em 17/08/2011 07:48 351 exibições
Para a exportação de carnes, o sétimo mês de 2011 correspondeu ao pior julho dos últimos três anos. Porque o recuo verificado (da ordem de 20% em relação ao mesmo mês do ano passado) se repete (ainda que em índice menor – 10,5%) na comparação com julho de 2009. Ou seja: há dois anos, no mês de julho, as exportações de carnes somaram 413.082 toneladas, volume que subiu para 463.982 toneladas um ano depois e que agora ficou resumido a 369.683 toneladas.
Nesse processo, a maior perda foi da carne suína, cuja participação nos embarques mensais recuou 20,36% nos últimos dois anos. O recuo de participação da carne bovina foi menor, de 14,62%.

Já a carne de frango teve sua participação aumentada em 7,13%. Quer dizer: embora o volume exportado em julho tenha sido o menor dos três anos para esse mês, a queda foi proporcionalmente menor que a registrada para as carnes suína e bovina.
No mês, a carne de frango in natura respondeu por, exatamente, três quartos do total exportado. Dos 25% restantes, a carne bovina respondeu por 17% e a suína por 8%.


Tags:
Fonte:
Avisite

0 comentário