EUA: queda de 5% é prevista na produção de carne em 2012

Publicado em 05/10/2011 08:26 285 exibições
O banco Rabobank International está prevendo uma queda de quase 5% na produção de carnes vermelhas e brancas dos Estados Unidos até o meio de 2012, à medida que os produtores reduzirão o uso de insumos em resposta à alta do preço de alimentos.

A liquidação do rebanho devido à seca nas regiões sul e sudoeste dos Estados Unidos é uma importante razão para o declínio na produção de carnes, mas a indústria global de proteínas também está em um processo de vários anos de ajuste para cima dos custos mais voláteis dos alimentos animais, disse o Rabobank em um relatório.

O forte declínio na produção levará a uma "queda íngreme" na quantidade de carne disponível em 2012, disse o estrategista global do Rabobank, David Nelson. "O drástico declínio na produção de proteínas que antecipamos será sentida em várias indústrias. Esperamos que o declínio crie preocupações para todos, desde operadores de serviços alimentícios até produtores de milho".

As ofertas de carne bovina e carne de aves deverão cair à medida que a produção será menor em relação ao crescimento do produto interno bruto dos Estados Unidos, enquanto o crescente PIB no mundo em desenvolvimento contribui para o aumento da demanda global de carnes. "A maior demanda global por proteínas da carne é um importante direcionador do aumento dos custos dos alimentos animais, que, por sua vez, aumenta os custos de produzir proteína animal", disse Nelson.

A produção de carne bovina dos Estados Unidos poderá cair em 7% no terceiro trimestre de 2012 com relação aos níveis do ano anterior. O setor de carne bovina é o menos capaz de lidar com os preços estruturalmente maiores do milho, por causa do longo ciclo de produção de bovinos e da proporção relativamente alta de conversão alimentar, segundo o relatório.

Tags:
Fonte:
BeefPoint

0 comentário