Em Santa Catarina, produtores perdem lavouras de soja e milho por conta da chuva de granizo

Publicado em 16/12/2011 07:28 465 exibições
Depois do granizo ter desstruído lavouras de milho e soja no Rio Grande do Sul, agora foi a vez de municípios de Santa Catarina sofrer o prejuízo.

Os agricultores da cidade de Herval D'Oeste ainda calculando os prejuízos, porém, o que já se sabe é que pelo menos 25 hectares plantados com soja e milho foram totalmente perdidos. As perdas podem passar dos R$ 60 mil para o agricultor Luiz Cenci.

O temporal de granizo e com vento forte pode ter atingido mais de 100 propriedades em pelo menos sete comunidades do município. Por conta disso, a prefeitura já decretou estado de emergência e está tentando prestar auxílio aos agricultores.

Outras cidades catarinenses também sofreram com o granizo e o vento forte. Campos Novos teve seis mil hectares prejudicados pelo temporal e o prejuízo já está contabilizado em mais de R$ 12 milhões. A soja foi o cultivo mais afetado.

Rio Grande do Sul - Além das plantações de soja e milho já destruídas no Rio Grande do Sul por conta do granizo, lavouras de pêssegos, uvas e fumo também foram devastadas.

A chuva da madrugada desta sexta-feira deixou muito gelo acumulado e aumentou o prejuízos dos produtores gaúchos. A Emater estima que cerca de 80% dos parreirais atingidos pelo granizo tiveram perda total.

Na propriedade de Gilmar Galiotto foram 150 toneladas de uvas perdidas. “Nós trabalhamos o ano inteiro com tanta dedicação e em 20 minutos tudo foi perdido”.

Com informações do Globo Rural.

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário