Chuvas causam danos ao agronegócio no Espírito Santo

Publicado em 16/12/2011 09:53 239 exibições
A chuva forte que tem afetado todo o Espírito Santo têm provocado danos às lavouras, criando um clima propício para a propagação de fungos e pragas. Esse transtorno somado à dificuldade de escoamento da produção, devido aos problemas de acessibilidade nas estradas quando chove, resulta em perdas cada vez mais significativas para o agronegócio.
De acordo com o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Espírito Santo (Faes), Júlio da Silva Rocha, as principais culturas afetadas são as de mamão, tomate e café. As plantações de mamão e tomate não suportam a umidade excessiva. “O mamão e o tomate são muito sensíveis, e essa grande quantidade de chuva nos últimos dias faz com que várias plantas se percam”, afirma Rocha. Já o café sofreu um forte baque em alguns municípios do Noroeste capixaba, principalmente São Domingos do Norte, após uma chuva de granizo ter devastado os cafezais locais.
Os problemas não param por aí. Pecuaristas de leite têm enfrentado dificuldades para o escoamento da produção. Segundo o presidente da Faes, os produtores estão se desdobrando para evitar perdas. “Eles estão fazendo tudo o que é possível. Alguns alugam caminhões particulares, outros emprestam o veículo para vizinhos. A solidariedade nesse momento está fazendo toda a diferença”, declara Rocha.
Tags:
Fonte:
Faes

0 comentário