Campos sofrem redução de qualidade e quantidade no Rio Grande do Sul

Publicado em 26/07/2013 11:09
356 exibições

Os campos nativos do Rio Grande do Sul apresentam severa redução na qualidade e quantidade da forragem disponível, diminuindo a palatabilidade e o valor nutritivo, decorrente das baixas temperaturas, reduzida luminosidade e ocorrência excessiva de chuvas, propiciando ambiente úmido.

Além disso, nesta última semana, a forragem tem pouca proteína e muita fibra. Em relação às pastagens cultivadas de inverno, na maioria das regiões do Estado estas forrageiras, especialmente as gramíneas anuais mais cultivadas como a aveia e o azevém, apresentam bom desenvolvimento vegetativo, disponibilizando forragens verde tanto na qualidade quanto na quantidade para os animais.

Confira a notícia na íntegra no site do Globo Rural On-line

Tags:
Fonte: Globo Rural On-line

0 comentário