EUA: Frio extremo afeta lavouras de trigo, embarque de grãos e produção de carne

Publicado em 07/01/2014 14:12 1088 exibições

A maior frente fria a atingir os Estados Unidos em duas décadas tem prejudicado os embarques de grãos e de gado ao longo do Corn Belt. De acordo com matéria publicada pela Reuters, a situação está limitando a produção de carne em vários frigoríficos e ainda ameaça danificar a safra de trigo. 

A onda de frio chegou com uma tempestade de inverno que deixou mais de 30 centímetros de neve em algumas áreas neste final de semana, fechando estradas ao nordeste de Indiana e impedindo trabalhadores de chegar até os abatedouros de suínos e silos ao norte do estado.

O Rio Illinois foi mantido aberto para possibilitar o transporte de mercadorias, mas o acúmulo de gelo bloqueou oito eclusas da hidrovia, causando lentidão no transporte de grãos para os terminais de transporte no Golfo do México. 

O frio ártico derrubou as temperaturas abaixo dos -20ºC na área de produção de trigo no estado de Kansas. Em outros estados como Nebraska e Colorado, que também produzem trigo, as mínimas ficaram entre -12ºC e -20ºC, segundo o meteorologista Don Keeney, da MDA Weather Services. 

“O trigo das planícies centrais e a safra do Meio-Oeste poderão sofrer danos, já que a previsão mostra que a frente fria irá se mover para o sul de Illinois, sul de Indiana e norte de Kentucky”, informou Keeney. 

O clima frio já atingiu o sul de Oklahoma, outro grande estado produtor de trigo. “Um terço do cinturão de trigo sofrerá danos leves, mas 15% poderá registrar danos mais severos”, afirma o meteorologista.

A cobertura de neve protege o trigo quando as temperaturas ficam abaixo de zero. Sem cobertura suficiente, os danos ao trigo exposto ao frio podem fazer com que a safra não alcance seu potencial no próximo verão. 

Redução na produção de carne suína 
Pelo menos cinco plantas de processamento de carne suína em Illinois, Indiana e Ohio devem permanecer fechadas. Comerciantes no estado de Iowa informam que os produtores não estão transportando seus animais por conta do frio. 

A maior processadora de carnes dos Estados Unidos, Tyson Foods, não está operando sua planta em Logansport, Indiana. A planta tem capacidade de abater 15.300 cabeças por dia, de acordo com a National Pork Board. 

Outras empresas processadoras, como Cargill e Indiana Packers Corp. também estão com suas atividades reduzidas. 

Na segunda-feira (6) o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos estimou o abate de suínos em 323.00 cabeças. Na semana anterior, foram abatidos 439.000 animais. Para o gado, o abate ficou em 110.000 cabeças, na semana anterior, foram abatidos 130.000 animais.  

O site de notícias da Bloomberg informa que o preço da carne deve atingir preços recordes.  

Danos às lavouras de laranjas
A Bloomberg também informa que pelo menos 15% da safra de laranja da Flórida, o maior produtor de citrus, depois do Brasil, também será danificada pelo frio. 

Informações: Reuters e Bloomberg

Tradução: Fernanda Bellei

Tags:
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário