Chuvas beneficiam área agrícola argentina nos próximos meses

Publicado em 08/01/2014 15:06 646 exibições

Os próximos meses tendem a ser excelentes para a área agrícola argentina. A tendência aponta para bons níveis de chuvas não só durante janeiro, mas também para fevereiro e março.

A tendência, no entanto, não é observada para o ângulo sudoeste: sul de Córdoba, La Pampa e sudoeste de Buenos Aires são as únicas áreas que devem receber menos chuvas, segundo o engenheiro especializado em agroclimatologia Eduardo Sierra em entrevista ao Agro 2.0.

O fim de ano trouxe uma onda de calor recorde para a Argentina. Foram mais de 20 dias de temperaturas intensas que não eram registradas desde a década de 30. No início de janeiro, no entanto, as chuvas tomaram postos e abaixaram a temperatura em cerca de 20 graus.

Segundo Sierra, a maior parte da área agrícola começa a ter temperaturas acima de 30ºC, chegando a 35ºC no norte. As ondas de calor continuam na próxima semana, mas um ritmo cíclico, a partir da próxima quarta-feira, traz mais uma frente fria com chuvas gerais que ajudariam a repor a umidade que se evapora com o calor.

Devido ao atraso nos plantios de soja e milho, a onda de calor impactou menos no desenvolvimento dos grãos. Segundo estimativa da Bolsa de Cereais de Buenos Aires, a Argentina faz uma boa campanha. Não é uma campanha recorde, mas o país deve chegar a 23 milhões de toneladas.

Com informações do Agro 2.0

Tags:
Por:
Izadora Pimenta
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário