Área de baixa pressão atmosférica foi o fenômeno responsável pela tempestade que virou barco em Mato Grosso do Sul

Publicado em 25/09/2014 15:11 351 exibições

A tempestade, que virou um barco no rio Paraguai na tarde de ontem, foi provocada por um fenômeno meteorológico chamado de baixa pressão atmosférica. São ventos, que giram em sentido horário e formam nuvens carregadas de chuva. “Essa baixa se formou no Paraná e no fim da quarta-feira avançou para Mato Grosso do Sul”, afirma Patrícia Vieira, da Somar Meteorologia.

A temperatura em Porto Murtinho na tarde de ontem chegou aos 38°C, mas com a virada no tempo, os termômetros caíram mais de 20°C em duas horas. As rajadas de vento atingiram os 93km/h, o que é normal neste tipo de fenômeno meteorológico. Pelas imagens analisadas até o momento pela equipe de meteorologistas da Somar, não se pode afirmar que se formou uma tromba d água.

Leia a íntegra no Jornal do Tempo

Tags:
Fonte:
Jornal do Tempo

0 comentário