Defesa Civil teme colapso de água em Sergipe por causa da seca

Publicado em 12/10/2016 13:05
77 exibições
Ações emergenciais podem evitar o agravamento do problema. 'Solo esgotado e pastagem seca afetam rebanho de gado', lamentou criador.

O coordenador Estadual da Defesa Civil, major Erivaldo Mendes, não descarta o risco de um colapso de água nos municípios sergipanos de Cedro de São João, Telha e Propriá, localizados no Baixo São Francisco, e também na capital, onde cerca de 60% do abastecimento vêm do Velho Chico. “Com a vazão do Rio São Francisco baixada para 700m3/s, a captação que a Deso faz fica comprometida e traz o risco de colapso no abastecimento nestas três cidades, além de atingir cerca de 1 milhão de pessoas na Grande Aracaju, que recebem água da Adutora do São Francisco”, declarou.

A captação da Adutora do São Francisco está localizada em Telha, a 107 quilômetros da capital, município que está entre os 18 de Sergipe em situação de emergência reconhecida pelo Governo do Estado, assim como Cedro de São João e Propriá, que aguardam a análise do Ministério da Integração Nacional.  “Este reconhecimento do Governo Federal é muito importante para a execução das ações emergenciais”, observou.

A Defesa Civil de Sergipe já decretou situação de emergência nos municípios de Itabi, Frei Paulo, Macambira, Canindé de São Francisco, Capela, Gararu, Nossa Senhora da Glória, Nossa Senhora Aparecida, Pinhão, Poço Redondo, Poço Verde, São Domingos, Telha, Carira, Ribeirópolis, Propriá, Cedro de São João e Gracho Cardoso.
 

Leia a notícia na íntegra no site G1 - SE

Fonte: G1 - SE

Nenhum comentário