Tempo: Pancadas de chuva retornam ao Centro-Oeste a partir desta 4ª feira, mas sem muito alívio

Publicado em 18/09/2019 10:33
1835 exibições

Imagem de satélite nesta quarta-feira (18) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Imagem de satélite nesta quarta-feira (18) em todo o Brasil - Fonte: Inmet

LOGO nalogo

A partir desta quarta-feira (18) áreas da região Centro-Oeste do Brasil podem receber pancadas de chuva isoladas, inclusive sobre pontos dos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. A condição não deve aliviar tanto o calor e nem elevar a umidade do solo.

"Estas pancadas de chuva poderão ocorrer também entre quinta-feira e o domingo, 22 de setembro, mas a chuva não será generalizada. As pancadas devem ocorrer em pequenas áreas, mas vão ajudar a diminuir as queimadas. O alívio ao calor será pequeno", disse a Climatempo.

Para o estado de Goiás, a previsão do tempo prevê algumas pancadas de chuva apenas sobre o extremo Sul do estado a partir da tarde de sexta-feira (20). A partir de domingo (22), há previsão de pancadas também para a região da capital Goiânia.

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 93 horas (19/09 a 21/09) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 93 horas (19/09 a 21/09) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

A empresa meteorológica, no entanto, destaca que as pancadas de chuva não devem aliviar o calor dos últimos dias. "As temperaturas vão continuar muito altas e valores de 40°C ou mais ainda devem ser registrados", disse a Climatempo. Recordes foram registrados.

As chuvas serão tão fracas que nem o modelo Cosmo do Inmet consegue captar as instabilidades que devem causar as pancadas de chuvas em áreas do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. As imagens de satélite do instituto, no entanto, mostram as nuvens mais pesadas sobre a região nesta quarta.

Levantamento da Climatempo, com base em dados do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), aponta que a segunda (16) foi de calor histórico em Cuiabá, com máxima de 42,6°C. "Esta foi a maior temperatura registrada em Cuiabá desde 1911 quando começaram as medições pelo Inmet", disse a Climatempo.

A recorde anterior era do dia 30 de setembro de 2010, com máxima de 42,3°C às 15h.

Fumaça sobre Mato Grosso e Mato Grosso do Sul em 17/9/2019 - Fonte: Climatempo
Fumaça sobre Mato Grosso e Mato Grosso do Sul em 17/9/2019 - Fonte: Climatempo

"Cuiabá está quente demais e literalmente pegando fogo, pois muitos focos de queimadas são observados na região da capital de Mato Grosso", destacou a Climatempo sobre a condição na capital matogrossense. Um dos casos de queimada chegou a atingir o parque estadual.

Segundo dados do Inmet, as temperaturas mais altas registradas em todo o Brasil na terça-feira (17) foram em áreas centrais do país. As cinco maiores em Rondonópolis (MT): 42,4°C, Cuiabá (MT): 42,2°C, Padre Ricardo Remetter: 41,6°C, Água Clara (MS): 41,4°C e Diamantino (MT): 40,9°C.

Já em áreas da região Sul, as chuvas serão fortes. O Inmet emitiu alerta de tempestade e chuvas intensas para PR, SC e RS nesta quarta-feira. São esperados ventos costeiros no Rio de Janeiro e Espírito Santo.

Veja o mapa das áreas com precipitação acumulada nos últimos 5 dias:

Mapa das áreas com precipitação acumulada nos últimos 5 dias - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Previsão estendida de chuvas para o Brasil

De acordo com o mapa de previsão estendida do centro de previsão da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês), no período de 18 até 26 de setembro, as chuvas mais volumosas ocorrem em áreas da região Norte, Sul, Sudeste e pontos da região Nordeste.

De 26 de setembro até 04 de outubro, as chuvas tomam com mais força áreas centrais do Brasil, mas as precipitações mais volumosas ficam concentradas sobre áreas da região Centro-Oeste, Sudeste e Sul. Ainda assim, os volumes não serão altos.

Veja o mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 18 de setembro até 04 de outubro:

Mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 18 de setembro até 04 de outubro - Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA
Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA

Foto em Vilhena (RO). Envio de Thum Marmoré
Foto em Vilhena (RO). Envio de Thum Marmoré

Foto em Tapera (RS). Envio do Eng. Agrônomo André Wagner
Foto em Tapera (RS). Envio do Eng. Agrônomo André Wagner

Área de soja em Minnesota (EUA). Envio de Gustavo Philippsen
Área de soja em Minnesota (EUA). Envio de Gustavo Philippsen

Ypes amarelo, Fazenda Itália em Ivaí (PR). Envio de Éder Salvadori
Ypes amarelo, Fazenda Itália em Ivaí (PR). Envio de Éder Salvadori

Clique e envie sua foto ou vídeo e apareça aqui no Notícias Agrícolas! Fale com a gente através do WhatsApp (19) 99767-0241, direct no Instagram @noticiasagricolas e @jornalistadotempo ou use as hashtags #jornalistadotempo ou #imangensdodia

» Clique e veja mais informações na página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por: Jhonatas Simião | Instagram @jornalistadotempo
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário