Previsão indica chuvas para o RS a partir da próxima semana; chove no Sudeste e Centro-Oeste nesta 4ª

Publicado em 12/02/2020 09:34
5726 exibições

LOGO nalogo

A aproximação de uma frente fria poderá mudar as condições do tempo no Rio Grande do Sul no próximo final de semana. A situação é crítica em todo devido à irregularidades das chuvas e a produção de soja na região já tem perdas significativas de produtividade. Segundo Matheus Manente, meteorologista da Oráculo Meteorologia, as previsões indicam ainda uma mudança no padrão na Oscilação Antártica e a partir da segunda quinzena de janeiro as chuvas podem chegar com mais regularidade em todo o estado. 

O modelo Cosmo do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) indica que a frente fria começará avançar para a região entre a sexta-feira e o sábado, com tendência de volumes mais expressivos para esse período no oeste do estado. Os mapas indicam ainda que no dia 17 chove em todo o estado, com precipitação prevista entre 40 e 60 milímetros no Centro-Oeste do estado. Há previsdão de chuvas também para o extremo sul do Rio Grande do Sul, porém com volumes mais baixos. 

Durante todo o mês de janeiro as chuvas aconteceram de maneira irregularidade no Rio Grande do Sul e de acordo com o meteorologista, todas as regiões foram afetadas. "Municípios ao Sul e Sudoeste, como Uruguaiana, Plano Alto, Arroio Grande e Mirim foram particularmente afetados não só pela má distribuição da chuva, como também pelos baixos volumes registrados", destaca. 

Ainda de acordo com o especialista, as condições de chuvas não conseguem avançar ao RS porque a chuva tem se concentrado sobre o Centro-Oeste e Sudeste do país. "Os poucos sistemas frontais que se formaram passaram muito rapidamente pelo Rio Grande do Sul, fazendo com que a chuva durasse pouco tempo e permanecesse irregular", explica.

Além da irregularidade nas chuvas, produtores enfrentaram ainda temperaturas acima da média nas lavouras. Segundo Matheus, as temperaturas foram mais altas deivo a baixa nebulosidade e poucos registrdos de entrada de massas de ar polar.

Veja o mapa de precipitação prevista para o dia 17 em todo a região sul do país: 

Sul - Inmet 12/02
Fonte: Inmet 

Próximas 24 horas 

As previsões continuam indicando chuvas para áreas do Sudeste nas próximas 24 horas. De acordo com o Inmet, os volumes continuarão mais expressivos no sul de Minas Gerais - onde podem ser registradas chuvas de até 60 milímetros de precipitação. 

Ainda há possibilidade de chuvas para a região norte de São Paulo durante esta quarta-feira, porém em volumes bem mais baixos quando comparados com os últimos dois dias. Também continua chovendo no Rio de Janeiro, com precipitação prevista entre 20 e 30 milímetros. 

São previstas chuvas expressivas também para a região Centro-Oeste do país. No Mato Grosso do Sul a tendência é que os acumulados fiquem entre 20 e 30 milímetros no norte do estado. Chove em todo o Mato Grosso, com precipitações entre 20 e 40 milímetros. 

Já no Tocantins, os volumes devem ser mais intensos, sobretudo no oeste do estado, onde são esperados acumulados entre 50 e 60 milímetros de precipitação. Nas demais regiões do estado, são esperadas chuvas entre 20 e 30 milímetros. Ainda no Matopiba, também há previsão de chuva para o Maranhão com precipitação entre 20 e 30 mm. 

Veja o mapa de precipitação prevista para as próximas 93 horas em todo o Brasil: 

93 horas - Inmet 12/02
Fonte: Inmet 

Últimas 24 horas 

Nas últimas 24 horas os volumes mais expressivos de chuvas foram registrados em Minas Gerais, com destaque para o sul do estado, onde foram registradas precipitações entre 40 e 60 milímetros. 

Ainda no Sudeste, no norte de São Paulo foram registradas chuvas de até 40 mm de precipitação. Nas demais regiões do estado os acumulados ficaram entre 20 e 25 mm. Já no Rio de Janeiro, as chuvas ficaram entre 50 e 60 mm em todo o estado. 

Também foram registradas chuvas no Mato Grosso do Sul, com precipitação entre 20 e 30 mm. 

Veja o mapa de precipitação acumulada nas últimas 24 horas em todo o Brasil: 

24 horas - Inmet 12/02
Fonte: Inmet 
 

Soja em Maracaju (MS). Envio do Engenheiro Agrônomo Rafael Henrique
Soja em Maracaju (MS). Envio do Engenheiro Agrônomo Rafael Henrique​

Foto em Nova Aurora (PR). Envio de David Clemente
Foto em Nova Aurora (PR). Envio de David Clemente​

Foto em Nova Aurora (PR). Envio de David Clemente
Foto em Nova Aurora (PR). Envio de David Clemente​

Girassol em Nova Aurora (PR). Envio de David Clemente
Girassol em Nova Aurora (PR). Envio de David Clemente​

Clique e envie sua foto ou vídeo e apareça aqui no Notícias Agrícolas! Fale com a gente através do 
WhatsApp (19) 99767-0241, direct no Instagram @noticiasagricolasou use a hashtag #imangensdodia

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário