Tempo: Chuvas ficam mais expressivas em todo no Matopiba a partir desta 5ª feira

Publicado em 05/03/2020 10:24
3039 exibições

 

LOGO nalogo

A previsão indica que a quinta-feira (5) será de mais chuvas para a região do Matopiba e de acordo com mapas do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) os volumes tendem a continuar expressivos na região até, pelo menos, o início da próxima semana. O Sudeste do país também deve continuar recebendo chuvas, com destaque para Minas Gerais, onde os volumes devem ser mais expressivos.

Para as próximas 24 horas, os maiores volumes são previstos para o sul do Maranhão, com precipitação de até 60 milímetros em algumas áreas do estado. O modelo Cosmo do Inmet aponta ainda chuva para todo o estado do Tocantis, com precipitação de até 20 mm para todas as regiões. 

Volta a chover de maneira mais expressiva também no oeste da Bahia, durante essa quinta-feira (5) são esperados acumulados entre 20 e 40 milímetros de precipitação. As mesmas condições são esperadas para o Piauí. 

A partir do dia 7 (sábado), os sistemas avançam sobre todo o estado da Bahia e a tendência é de maiores volumes para todas as regiões, com precipitações entre 20 e 60 milímetros. Continuará chovendo no Tocantins, sendo os maiores acumulados esperados para a região sul - entre 20 e 30 mm.

Os mapas continuam apontando chuvas para Minas Gerais e segundo a Climatempo, a situação é de atenção para a região do Vale do Rio Doce, Vale do Jequitinhonha e o Noroeste mineiro. "Entre esta quinta-feira, 5, e o domingo, 8 de março, o tempo fica muito instável, com muita nebulosidade e pancadas de chuva frequentes. Pode chover várias vezes no decorrer do dia e há risco de chuva forte e volumosa", destaca a Climatempo. 

De acordo com o Cosmo, nas próximas 24 horas as chuvas devem ser mais expressivas no norte do estado, com volumes esperados entre 20 e 30 milímetros. A partir de sábado, na mesma região, são esperadas chuvas ainda mais volumosas para o norte de Minas Gerais, podendo ser registradas precipitações acima de 60 milímetros. 

Já no Centro-Oeste as condições para colheita começam a ficar mais favoráveis para o produtor, tendo em vista que os mapas não indicam mais chuvas generalizadas. De acordo com a Climatempo, auma massa de ar seco influência parte da região. 

"A presença desta massa seca inibe o crescimento de nuvens e a ocorrência de chuva em Mato Grosso do Sul e no sul e na região do pantanal de Mato Grosso. As capitais Cuiabá e Campo Grande terão um dia ensolarado", destaca. 

Apenas o norte de Mato Grosso e Goiás podem continuar com áreas de instabilidade nas próximas 24 horas. "O céu fica carregado de nuvens com previsão de chuva a qualquer hora que por vezes podem ser fortes", afirma a Climatempo.  Para as duas regiões, os modelos apontam precipitação entre 20 e 30 milímetros. 

Veja o mapa de precipitação prevista para as próximas 93 horas: 

93 horas - Inmet 05/03
Fonte: Inmet 
 

Nas últimas 24 horas os maiores volumes foram registrados em partes do Sudeste e áreas do Tocantins. 

De acordo com dados do Inmet, no Sudeste choveu no leste de Minas Gerais, com precipitação entre 30 e 40 milímetros. Também choveu no Rio de Janeiro, com volumes entre 20 e 25 mm.

No Matopiba, as chuvas mais expressivas atingiram o Tocantins e Maranhão, com precipitação entre 20 e 40 milímetros nos dois estados. 

Veja o mapa de precipitação acumulada nas últimas 24 horas em todo o Brasil: 

24 horas - Inmet - 05/03
Fonte: Inmet 
 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário