HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

NOAA: Previsão mostra boas chuvas para as principais regiões de produção na última semana de outubro

Publicado em 16/10/2020 10:44 e atualizado em 16/10/2020 11:15 21081 exibições

LOGO nalogo

A rodada do modelo GFS, da Administração Oceânica e Atmosférica (NOAA), divulgada nesta sexta-feira (16), indica que os últimos dias de outubro serão de boas chuvas para boa parte do país. Heráclio Alves, meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) explica que as previsões seguem confirmando o esperado, com o retorno da estação chuvosa no final deste mês para as principais áreas produtoras do país. 

"Depois da quebra do bloqueio intenso que tivemos, a umidade já começou a chegar na região central, com tendência do aumento dos volumes", comenta o meteorologista. Já começou a chover no Brasil Central nesta semana, onde as pancadas de chuvas foram predominantes em todo o Centro-Oeste e Minas Gerais, inclusive com quedas de granizo e ventos fortes. 

O modelo indica que a partir do dia 24, os sistemas começam a chegar com mais intensidade em todas áreas do país, com exceção do Nordeste que ainda está passando pela estiagem,  esperado para o período. Falando em volumes, o Sudeste continuará recebendo bons volumes, com acumulados entre 90 e 100 mm. As chuvas mais expressivas também devem chegar até o Centro-Oeste, com precipitação prevista entre 60 e 100 milímetros. 

As previsões também são mais positivas para toda região sul do Brasil. A tendência é que o Rio Grande do Sul receba os volumes mais altos, entre 70 e 100 mm, sendo os maiores acumulados esperados para o Centro-Norte do estado. Em Santa Catarina e no Paraná, as precipitações devem ficar entre 60 e 70 mm. 

Heráclio destaca que apesar do NOAA já indicar chuvas para áreas do Matopiba, as condições precisam ser observadas diariamente. "Para o oeste da Bahia e sul do Maranhão principalmente, nós precisamos acompanhar como será o avanço das chuvas por Minas Gerais. Dependendo de como acontecer, poderemos ter um leve atraso na estação chuvosa nessas duas regiões", afirma o meteorologista.

Veja o mapa de previsão de precipitação estendida para todo o Brasil: 

NOAA - 1610
Fonte: NOAA 

 

 

Próximas 24 horas: 

Para os próximos dias, o modelo Cosmo do Inmet segue indicando chances de pancadas de chuvas para áreas do Centro-Oeste e Sudeste do Brasil. Segundo o meteorologista, o sul do Mato Grosso Sul e Goiás, além de Minas Gerais, têm previsão de chuvas intensas, que devem ganhar mais volumes entre a tarde e noite desta sexta-feira (16).

Quanto aos volumes, o modelo segue indicando precipitação mais expressiva para Minas Gerais, com destaque para as regiões sul e leste do estado que devem receber os maiores volumes. "No extremo norte de São Paulo podemos registrar pancadas de chuvas isoladas", afirma.

De acordo com a Climatempo, tem alerta para temporais no norte de Mato Grosso do Sul, no centro-sul e sudeste de Goiás, no extremo norte de São Paulo, no oeste, centro, sul e leste de Minas Gerais, no noroeste do Rio de Janeiro e na divisa do Espírito Santo com Minas Gerais

Apesar dos modelos indicarem volumes baixos para o Paraná, segundo Heráclio, devido a circulação dos ventos, também podem ocorrer pancadas de chuvas para o noroeste e oeste do estado. "As mesmas condições podem ser observadas no extremo oeste do Rio Grande do Sul e oeste de Santa Catarina", comenta. 

"A sexta-feira é de atenção para rajadas de vento moderadas a fortes, entre 40 km/h e 60 km/h no Rio Grande do Sul, no sul de Santa  Catarina e na região entre o norte do Paraná, o leste de Mato Grosso do Sul e  o centro-oeste de São Paulo", complementa a previsão da Climatempo. 

Veja o mapa de previsão de precipitação para as próximas 93 horas: 

93 horas - Inmet
Fonte: Inmet 

 

São Pedro do iguaçu/PR Enviado por Cirio Pasqualotto
São Pedro do Iguaçu/PR Enviado por Cirio Pasqualotto

Franca/SP Enviado por Júlio César Nogueira
Franca/SP Enviado por Júlio César Nogueira​

Franca/SP Enviado por Júlio César Nogueira
Franca/SP Enviado por Júlio César Nogueira​

Franca/SP Enviado por Júlio César Nogueira
Franca/SP Enviado por Júlio César Nogueira​

Clique e envie sua foto ou vídeo e apareça aqui no Notícias Agrícolas! Fale com a gente através do WhatsApp (19) 99767-0241, direct no Instagram @noticiasagricolas ou use a hashtag #imangensdodia

 

 


 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

1 comentário

  • Cácio Ribeiro de Paula Bela Vista de Goiás - GO

    La Niña está dando um "BAILE" nos institutos de previsão do tempo. Por isso, NA, não vá com "tanta sede ao pote"... Muitos produtores, por incautos(ou afoitos), podem ser induzidos a tomadas de decisão equivocadas. Aí, vêm ao canal FALA PRODUTOR "DAR O GRITO"... PREVISÃO não é GARANTIA..., necessário que todos compreendam!!

    4
    • Luiz aurelio grigio Cafelandia - PR

      Alguns meteorologistas também deveriam tomar mais cuidado com o que divulgam pois tem previsoes de falta de janela para plantio a partir do final do mês por excesso de chuvas (?!) na regiao de Cascavel PR... acho um tanto exagerado.

      2
    • Elton Szweryda Santos Paulinia - SP

      Os tais institutos nao acertam previsao para o dia seguinte, e ficam falando abobrinhas pra daqui a seis meses...., só perda de tempo..., nao possuem ferramental tecnologico para tanto, e ficam na dependencia da NOAA, e outros, que nao tem a obrigacao de acertar para outros paises. Definitivamente nao dou nenhum credito aos tais, tudo bla bla, bla.

      6
    • Antonio Nascimento campo mourão - PR

      Visualizo todas!!! a divergençia entre elas é enorme. Geralmente acompannho no radar o movimento das massas que atualmente andam em passo de preguiça e sem vontade.... Plantio só em talhoes conforme vem a chuva em merreca, haja susto......

      1
    • elcio sakai vianópolis - GO

      Fugindo um pouco da climatologia, se preparem com relação ao frete da safra..., a maior parte dos estados produtores irão plantar a soja na mesma época. Vai faltar caminhão na hora da colheita...

      0
    • Elton Szweryda Santos Paulinia - SP

      Frete sempre é um problema, estou tentando amenizar com bolsa-silo, pouco investimento , embutidora e estratora em torno de 120 mil, acabou o estresse do frete. Com duas a tres carretas graneleira/chupin resolve o fluxo.

      0