HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Previsão do tempo: Quarta-feira será mais um dia de chuvas expressivas no Matopiba e no Centro-Oeste

Publicado em 17/02/2021 10:41 e atualizado em 17/02/2021 11:24 1869 exibições
Semana chuvosa no Mato Grosso pode continuar atrapalhando os trabalhos de colheita da soja

LOGO nalogo

As previsões mais recentes do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) indicam que a quarta-feira (17) será mais um dia de chuvas intensas para o centro-norte do país. 

De acordo com Heráclio Alves, meteorologista do Inmet, dois sistemas favorecem a formação de nuvens carregadas em toda área, sendo eles conhecidos como "Zona de Convergência Intertropical" e "Alta da Bolívia". "O destaque para esta quarta-feira é a permanência de chuvas no Matopiba e áreas de instabilidades em todo o Centro-Oeste, que nos próximos dias devem se estender até o Sudeste", explica. 

Em relação aos volumes de chuva, os mais expressivos seguem previstos para o Matopiba, o que segundo o meteorologista, mantém toda área em estado de alerta laranja para chuvas intensas. O modelo Cosmo, também do Inmet, prevê chuvas intensas em todas as regiões do Tocantins, com precipitação entre 20mm e 40mm. 

No Maranhão, os maiores acumulados são esperados para o norte do estado, com precipitação entre 40mm e 60mm. Também chove no Piauí e no oeste da Bahia, com previsão de precipitação entre 20mm e 40mm. "De modo geral, em toda área, as chuvas acontecem ao longo do dia, mas os volumes mais intensos são esperados entre a tarde e noite, devido ao aquecimento diurno característico da estação", afirma. 

Veja o mapa de previsão de precipitação para as próximas 93 horas: 

93 horas - Inmet - 1702
Fonte: Inmet 

Já para o Centro-Oeste, o excesso de chuva pode continuar comprometendo a colheita da soja. Para as próximas 24 horas, a previsão do Cosmo prevê chuvas entre 20mm e 30mm em todo o estado. E assim como no Matopiba, devido ao aquecimento diurno, as chuvas podem acontecer em forma de pancadas principalmente no período da tarde. Além do Mato Grosso, a tendência é de chuvas no norte de Goiás e áreas do Mato Grosso do Sul, também com precipitação entre 20mm e 30mm. 

No Sudeste do Brasil, as áreas de instabilidades estão mais ativas sobre Minas Gerais e no Espírito Santo, e com tendência de aumento nos volumes de chuvas nos próximos dias. Já para a região Sul, a previsão mantém tempo estável para os três estados, mas não estão descartadas chances de pancadas de chuvas e quedas de granizo, condições também características da estação. 

No Paraná, uma chuva de granizo comprometeu toda a safra de um produtor de soja em Janiópolis. "Nessa época do ano, devido ao aquecimento diurno e à circulação de ventos, a queda de granizo pode acontecer de forma pontual em todo o país", afirma Heráclio. Veja imagens enviadas ao Notícias Agrícolas nesta quarta-feira (17): 

 

Queda de granizo em Janiópolis/PRQueda de granizo em Janiópolis/PRQueda de granizo em Janiópolis/PR



 

Últimas 24 horas

Conforme era previsto, os maiores volumes de chuvas foram registrados no Matopiba nas últimas 24 horas. 

Segundo dados coletados nas estações meteorológicas do Inmet, no Piauí, os acumulados ultrapassaram os 60mm. As previsões indicavam chance de chuvas acima dos 100mm. Também choveu no Maranhão, com destaque para a região norte, com precipitação entre 25mm e 30mm. 

Nas demais áreas do país, choveu de forma irregular. Com acumulados entre 20mm e 25mm no Mato Grosso, e chuvas de até 50mm no centro de Goiás. 

No Sudeste, choveu no norte do Rio de Janeiro, sul do Espírito Santo e oeste de Minas Gerais, com precipitação entre 20mm e 30mm. 

Veja o mapa de precipitação acumulada nas últimas 24 horas: 

Últimas 24 horas - Inmet - 1702
Fonte: Inmet

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário