HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Muita chuva: Colheita da soja segue comprometida na região de Sorriso/MT e plantio do milho já tem mais de 15 dias de atraso

Publicado em 02/03/2021 10:32 e atualizado em 02/03/2021 11:41 2253 exibições
Previsão do Inmet ainda é de muita chuva na região nesta 3ª; volumes diminuem apenas na quinta-feira

LOGO nalogo

O excesso de chuvas no Mato Grosso segue comprometendo a colheita de soja e o plantio de milho na região de Sorriso. Segundo Tiago Stefanello Nogueira, do conselho admistrativo do Sindicato Rural de Sorriso/MT, as chuvas acima de 200mm dos últimos agravaram a situação, o produtor não consegue entrar nas lavouras e o plantio do milho já está mais de 15 dias de atraso.

Em relação às perdas, Tiago destaca que o levantamento ainda está sendo feito, mas que as baixas serão expressivas, levando em consideração que muitos produtores ainda têm cerca de 25% da área a ser colhida. Além de Sorriso, produtores dos municípios de Sinop, Vera e Nova Ubiratã enfrentam os mesmos problemas. 

Veja fotos e vídeos registrados na região de Sorriso/MT: 
 


Chuvas lavoura de soja em Sorriso, Nova Ubiratã e Vera/MT Envio de Tiago Stefanello Nogueira

Chuvas lavoura de soja em Sorriso, Nova Ubiratã e Vera/MT Envio de Tiago Stefanello Nogueira

Chuvas lavoura de soja em Sorriso, Nova Ubiratã e Vera/MT Envio de Tiago Stefanello Nogueira
 

 

Dados coletados nas estações meteorológicas do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), confirmam os altos volumes de chuva nos últimos 30 dias no Mato Grosso. De acordo com o mapa, o estado tem acumulados entre 300mm e 400mm no período, sendo os maiores volumes registrados no centro-leste do MT. Os mesmos volumes foram observados em Goiás e áreas do Tocantins e Maranhão. No Matopiba, os produtores também enfrentam dificuldades para seguir com a colheita da soja. 

Veja o mapa de precipitação acumulada nos últimos 30 dias: 

Últimos 30 dias - Inmet - 0203
Fonte: Inmet 


As previsões do Inmet seguem indicando uma pausa nas chuvas volumosas ainda nesta semana. Segundo Francisco de Assis Diniz - meteorologista do Inmet, nesta terça-feira (2), os modelos apontavam para uma redução dos volumes entre quinta e sexta-feira (5). Até lá, no entanto, as chuvas devem permanecer de forma significativa na região. Segundo Tiago, o produtor precisa de pelo menos um dia de sol quente para conseguir entrar com as máquinas no campo. 

Em relação aos volumes, no Mato Grosso a tendência é de chuvas entre 30mm e 40mm. Pontos isolados da região oeste do estado podem ter acumulados de até 60mm. As chuvas também seguem intensas em todo o Matopiba. De acordo com o modelo Cosmo, chove em todo o estado do Tocantins, Maranhão e Piauí, com previsão de acumulados entre 30mm e 40mm. Apenas o oeste da Bahia deve registrar pontuais nas próximas 24 horas. 

Para as demais regiões do Brasil, o Inmet destaca pancadas de chuvas intensas no norte do Rio Grande do Sul, leste de Santa Catarina e sul do Paraná. No Sudeste, as regiões sul e leste de São Paulo também têm previsão de pancadas de chuva, que devem acontecer entre à tarde e noite desta terça-feira. 

Veja o mapa de previsão de precipitação para as próximas 93 horas: 

93 horas - Inmet - 0203
Fonte: Inmet 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário