HOME VÍDEOS NOTÍCIAS METEOROLOGIA FOTOS

Atualização do NOAA prevê nova rodada de chuvas no Sul do BR nos próximos dias

Publicado em 14/01/2022 10:28 e atualizado em 14/01/2022 14:33 7310 exibições
Apesar de alguns setores afirmarem perdas irreversíveis na produção, o retorno da umidade deve trazer certo alívio na região

Logotipo Notícias Agrícolas

A atualização do modelo de previsão estendida, divulgada na manhã desta sexta-feira (14) pela Administração Oceânica e Atmosférica (NOAA), prevê o retorno das chuvas para o Sul do Brasil nos próximos dias. A condição hídrica em importantes áreas de produção agrícola da região piorou nos últimos dias, e apesar de alguns setores afirmarem perdas irreversíveis na produção, o retorno da umidade deve trazer alívio para o produtor. 

No período entre os dias 14 e 22 de janeiro, o NOAA indica condição para chuva no extremo sul do Rio Grande do Sul, com acumulados entre 50mm e 70mm. Também nos próximos dias, o modelo norte-americano indica condição de chuva para o leste de Santa Catarina e Paraná, com acumulados de até 40mm nos dois estados. 

A partir do dia 22, um novo sistema deve avançar para a região, aumentando o volume de precipitação e com indicação de chuva em quase todas as áreas do Rio Grande do Sul. Em alguns pontos as chuvas podem chegar a 90mm no período. Também mostra condição de chuva em áreas de Santa Catarina e Paraná na reta final do mês. 

Veja o mapa de previsão estendida para todo Brasil: 
 

NOAA - 140122
Fonte: NOAA 

 

Meteorologistas afirmam que o retorno da chuva vai ter as características típicas do Verão, ou seja, podendo acontecer em forma de pancadas e podendo apresentar irregularidade nos três estados. Além disso, devido as altas temperaturas dos últimos dias com a intensa onda de calor, queda de granizo não estão descartadas. 

O modelo norte americano chama atenção ainda para o Mato Grosso do Sul, que deve ficar de fora da nova rodada de chuvas. Segundo o NOAA, não há previsão de chuvas com acumulado significativo no estado, pelo menos, até o final de janeiro.

Segundo dados coletados nas estações meteorológicas do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), há pelo menos 10 dias não chove com volumes expressivos no Mato Grosso do Sul, os maiores acumulados são registrados no extremo norte do estado, com volumes entre 50mm e 90mm no período. 

Veja o mapa da precipitação acumulada nos últimos 10 dias em todo Brasil: 
 

10 dias
Fonte: Inmet


 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

1 comentário

  • Carlos William Nascimento Campo Mourão - PR

    Matéria tendenciosa. Essa previsões não acertam uma. Dizer que , chovendo depois do dia 22 até dia 30 vai trazer alívio ás lavouras passa a impressão que teremos boas produtividades. Aqui no centro do Paraná, para a soja não adianta mais chover. Já foi a safra. Chuva agora é para ajudar criar reserva de umidade para a safrinha.

    1
    • Leodir Vicente Sbaraine Terra Roxa - PR

      Eu acredito que em todo o Sul do País Sr. Carlos, infelizmente já Era, somente o milho safrinha nos Resta...

      1