Chuva passa rápido e Inmet mantém previsão de geada ampla no início da próxima semana no Sul

Publicado em 12/05/2022 10:39 3294 exibições
Modelos continuam mostrando avanço do frio para outras áreas e condição segue sendo monitorada pelos meteorologistas

Logotipo Notícias Agrícolas

As previsões mais recentes do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) mantém a condição de tempo seco em boa parte do país nas próximas 24 horas. As atenções continuam voltadas para a massa de ar frio que tem como tendência derrubar as temperaturas em boa parte do país a partir de sábado e as condições continuam sendo monitoradas pelo Inmet. 

Heráclio Alves, meteorologista do Instituto, explica que a frente que estava em atuação no Sul do Brasil já avançou para outras áreas, aumentando a nebolusidade na região Central, mas as chuvas devem acontecer de forma pontual e com volumes mais baixos. 

Uma massa de ar frio já derrubou as temperaturas na região Sul e a próxima madrugada tem previsão de geada com intensidade leve nas áreas de serra de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e também na Campanha Gaúcha.

Os modelos mostram que uma nova frente fria deve avançar pelo oeste do Brasil no final de semana, levando condição de chuva rápida, com volumes entre 30mm e 50mm no sul do Mato Grosso do Sul, norte do Rio Grande do Sul, Paraná e áreas de São Paulo. Após a passagem desse sistema, uma outra massa de ar frio entra no país. 

Veja o mapa de previsão de precipitação nas próximas 93 horas: 
 

GIF 12-05-2022 10-40-01
Fonte: Inmet 

Heráclio explica que é essa segunda onda de frio que já está sendo monitorada pelo Inmet e as modelos indicam condição para geada ampla nos três estados da região Sul do Brasil, aumentando as preocupações nas áreas de produção agrícolas, principalmente para o milho safrinha. 

A tendência é que o ar frio comece avançar para a região Central do país entre domingo e segunda-feira (16). Os modelos indicam declínio de até 12º graus nas temperaturas em algumas áreas da região Central, como por exemplo, no Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul e sul de Goiás, sul do Mato Grosso e Minas Gerais. 

Essa é a primeira massa de ar frio mais intensa do ano, e de acordo com especialistas chega de forma precoce, condição característica do fenômeno La Niña que voltou a ganhar intensidade nas últimas semanas. Também estão em alerta com o frio os setores de café, laranja e hortifruti - que sentiram os impactos das geadas em 2021. 

Veja o mapa de previsão de atuação da massa de ar frio: 
 

gfs_T2ma_samer_fh24-144
Fonte: GFS
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

1 comentário

  • Leandro Paese Cerejeiras

    Dia 11/05/2022 deu uma chuva pequena no ConeSul de Rondônia "Cerejeiras".

    0