Frente fria chega a várias partes do Sudeste e do Centro-Oeste

Publicado em 02/08/2010 11:13 493 exibições
Durante o fim-de-semana, a chuva se concentrou na região Sul, no extremo Norte do país e na área da faixa leste do Nordeste. Na maior parte do país, o tempo ficou seco.

Nesta segunda, a frente fria que está sobre o Sul avança e chega a várias partes do Sudeste e do Centro-Oeste. No sul de São Paulo, o tempo mudou ainda na noite de domingo. A chuva começou e as temperaturas caíram. No sul do Brasil, o tempo continua instável e deve chover em quase toda a região. O frio aumenta e pode gear nas áreas de serra. Dia chuvoso do norte do Rio Grande do Sul ao Paraná. O tempo abre no sul e no oeste do Rio Grande do Sul. E as temperaturas caem bastante em toda a região. Previsão de chuva para São Paulo, para o Rio e Janeiro e para o sul de Minas. O sol aparece no restante do Sudeste. No Centro-Oeste, a chuva se concentra apenas em Mato Grosso do Sul. Em Goiás e Mato Grosso, tempo seco e calor. Dia ensolarado na maior parte do Nordeste. A chuva se concentra na faixa leste da região entre a Bahia e o Rio Grande do Norte. Chove também no norte do Maranhão. Na região Norte, o sol aparece durante boa parte do dia, mas pode ter pancada de chuva em quase toda a região.

Nos próximos dias, a frente fria que está sobre o país perde força e a chuva diminui principalmente no Sudeste e no Centro-Oeste. As temperaturas devem cair nessas duas regiões e também no Sul. A chuva volta com força ao extremo Norte do Brasil. De Mato Grosso ao sertão nordestino o tempo quente e seco prevalece. E é esse calor mais a baixa umidade do ar que favoreceu o aumento do número de focos de queimada em julho. No país todo, foram registrados 9.266 focos de incêndio, com um aumento de quase 200% em relação ao mesmo período do ano passado. Mato Grosso liderou com mais de 2,2 mil registros. O segundo lugar ficou com o Tocantins, com 1.942 mil casos.

Até sábado, o volume de chuva deve chegar aos 110 milímetros no noroeste do Pará e em Roraima. O índice fica na casa dos 90 milímetros na faixa leste: de Santa Catarina a São Paulo. No leste do Rio Grande do Sul são esperados 70 milímetros. O acumulado não passa dos 30 milímetros em pontos isolados da Bahia, de Pernambuco e da Paraíba.

Tags:
Fonte:
Globo Rural

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário