Clima: Plantio da soja e milho safrinha pode sofrer atraso com baixa umidade

Publicado em 23/08/2010 11:59 e atualizado em 23/08/2010 15:31 1226 exibições
Países como o Paraguai e a Argentina também terão problemas.
Segue abaixo as previsões de médio prazo reportadas pelo IRI (International Research Institute) na última semana, evidenciando a expectativa de condições de baixa umidade sobre o centro-sul do Rio Grande do Sul, Argentina e Paraguai nos próximos meses.

Os mapas sinalizam a expectativa de precipitação em relação ao normal para o período em intervalos de três meses. Abaixo de cada mapa há a legenda, indicando a intensidade para a anormalidade prevista. De uma forma geral, verifica-se que, as áreas atingidas terão precipitações em torno de 40% abaixo do normal (áreas amarelo claro). Lembrando que, previsões de médio prazo apresentam baixa confiabilidade, devendo ser utilizado apenas como referência. Em termos de impacto mercadológico, inicialmente o cenário tende a prejudicar o desenvolvimento do trigo argentino e, em segunda instância prejudicar o plantio da soja no Paraguai e Argentina, além do desenvolvimento inicial e até mesmo intermediário. Esta expectativa tende a estender-se para o centro-oeste brasileiro em termos de atraso ao plantio da oleaginosa (o que pode também complicar o plantio do milho safrinha). No RS, em primeira instância, o impacto tende a ser mais concentrada ao centro-sul do estado, de qualquer forma, muita atenção é necessária.

Clique aqui para ampliar!

Clique aqui para ampliar!
Clique aqui para ampliar!
Clique aqui para ampliar!

Com informações do IRI e do analista de mercado da XP Agro, Ricardo Lorenzet.
Tags:
Fonte:
Redação NA

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário