Centro e sul do Espírito Santo são atingidos por intensos temporais nesta quarta

Publicado em 07/12/2010 11:22 232 exibições
Em Aracruz são esperados 150mm (mais de 75% da média do mês); em Serra, o acumulado chega aos 170mm (85% da média do mês); e, em Vitória, a previsão é de 145mm (75% da média do mês de dezembro).

QUARTA, DIA 8

Sul
Nesta quarta, as áreas de instabilidade mantêm as chuvas sobre o centro e norte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Os maiores acumulados variam entre 20mm e 30mm, atingindo o litoral norte de Santa Catarina e o litoral e o oeste do Paraná. Na fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai, o risco de chuva é menor nesta. A temperatura sobe em toda a região, inclusive em Santa Catarina, e a máxima passa dos 35°C em boa parte do Rio Grande do Sul.

Sudeste
Áreas de instabilidade causam pancadas de chuva em todo o Sudeste, inclusive em São Paulo. Alerta-se para intensos temporais no centro e sul do Espírito Santo ao longo desta quarta. O acumulado varia entre 60mm e 65mm em Afonso Cláudio (30% da média) e Laranja da Terra (30% da média). Em Santa Maria do Jetibá, o acumulado chega aos 105mm (mais da metade da média do mês). Em Aracruz, esperam-se 150mm (mais de 75% da média do mês). Em Serra, na Grande Vitória, o acumulado chega aos 170mm (85% da média do mês). Em vitória, capital do Estado, a previsão é de acumulado em torno dos 145mm (75% da média do mês de dezembro). Mesmo com tanta chuva, o calor predomina em todo o Sudeste, inclusive no Espírito Santo.

Centro-Oeste
As chuvas ficam um pouco mais generalizadas, porém o acumulado permanece baixo na maior parte do Centro-Oeste. O calor predomina e a máxima passa dos 35°C entre o Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

Nordeste
Na quarta, a chuva atinge boa parte do Nordeste, com exceção do litoral. Há previsão de chuvas fortes, porém isoladas no sul do Piauí, e no norte e sudoeste da Bahia (acumulados entre 30mm e 40mm). O calor diminui um pouco, mas a sensação ainda será de abafamento em toda a região.

Norte
Prosseguem as chuvas com baixo acumulado e o calor em boa parte da região Norte nesta quarta. Em parte do litoral da região, o risco de chuva começa a diminuir a partir de hoje. A máxima passa dos 35°C em partes de Rondônia, Tocantins, Pará, Amapá e Amazonas.

Confira a previsão para os próximos dias

Sul
A partir da quinta, a chuva diminui consideravelmente em toda a região. O sol predomina, porém a temperatura mínima (da madrugada) entra em declínio, chegando aos 7°C no sul do Rio Grande do Sul. Já a temperatura máxima permanece elevada em toda a região. Na sexta, o tempo ainda permanece seco em toda a região. Apenas no noroeste do Paraná e no oeste do Rio Grande do Sul, há previsão de chuva com baixo acumulado. No sábado, apesar das simulações indicarem grande acumulado para o oeste, leste e nordeste do Rio Grande do Sul (mais de 60mm em 24 horas), recomendamos cautela com tomadas de decisão que levem em consideração esta chuva. No Brasil, muito dificilmente chove forte em duas áreas ao mesmo tempo. Da mesma forma que há previsão de chuva forte no Rio Grande do Sul, as simulações indicam grande acumulado de chuva no Nordeste. E como estamos em um período de La Niña, a natureza sempre pende para o lado norte do Brasil. Portanto, até acreditamos em chuva neste sábado, porém por enquanto, trabalhamos com a hipótese de acumulados mais baixos.

Sudeste
A partir da quinta, o tempo volta a ficar seco no centro, sul e leste de São Paulo, porém as chuvas prosseguem sobre o oeste e norte de São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro. Ainda há previsão de chuva forte no norte do Espírito Santo e no centro e norte de Minas Gerais, com acumulado entre 20mm e 30mm. Ainda faz calor em boa parte do Sudeste, com exceção do leste de São Paulo, onde a temperatura máxima despenca. Na sexta, o tempo abre em boa parte do Sudeste. As chuvas fortes atingem apenas o norte e oeste de Minas Gerais. Entre os dias 11 e 15 de dezembro, no entanto, as chuvas fortes atingem todo o Sudeste, com acumulado de mais de 150mm em várias localidades.

Centro-Oeste
Prosseguem as pancadas de chuva com baixo acumulado sobre o Centro-Oeste nesta quinta. Apenas no nordeste de Goiás esperam-se chuvas mais intensas, com acumulado em torno dos 50mm. O calor predomina e a máxima passa dos 35°C entre o Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. Na sexta, os temporais retornam e atingem o sudeste e leste de Mato Grosso. Entre 11 e 15 de dezembro, a previsão é de chuva intensa e generalizada na maior parte da região, com acumulados de mais de 150mm em Goiás e Mato Grosso.

Nordeste
Na quinta, a chuva atinge boa parte da região, com exceção do norte do Nordeste. As chuvas ficam cada vez mais intensas, com acumulado de mais de 60mm em partes da Bahia. Há risco de temporais em Salvador. Mesmo com as chuvas cada vez mais intensas, o calor prossegue em toda a região. Na sexta, prosseguem os temporais na Bahia, com acumulado em torno dos 100mm. Entre 11 e 15 de dezembro, os acumulados de mais de 50mm atingem boa parte da Bahia, oeste de Pernambuco, Piauí e Maranhão.

Norte
Na quinta, as chuvas com baixo acumulado atingem boa parte da região, com exceção do litoral. O calor predomina com máxima que passa dos 35°C em partes de Rondônia, Pará, Amapá e Amazonas. Na sexta, as chuvas atingem boa parte da região Norte, com exceção do Acre. Entre 11 e 15 de dezembro, as chuvas atingem boa parte da região, com destaque para o acumulado em torno dos 20mm em Tocantin

Tags:
Fonte:
Somar Meteorologia

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário