Previsão do tempo: Instabilidade e frio diminuem em todas as regiões

Publicado em 07/04/2011 09:38 357 exibições
Temporais permanecem apenas em áreas do Norte e Nordeste.
SEXTA, DIA 08

Sul

O tempo permanece seco em toda a região. A temperatura, tanto mínima como máxima continuam subindo. À tarde, faz calor no oeste do Rio Grande do Sul.

Sudeste

As chuvas enfraquecem consideravelmente sobre Minas Gerais, mas ainda não param completamente. Já no Espírito Santo, as precipitações prosseguem, podendo ser intensas ao longo da costa. A temperatura, tanto a mínima como a máxima, entram em elevação. Não há risco de novos recordes de frio e a sensação térmica da tarde continua agradável, apesar da elevação da máxima.

Centro-Oeste

A temperatura mínima volta a subir e não há previsão de recordes. As chuvas com baixo acumulado prosseguem sobre Goiás, Distrito Federal e Mato Grosso, com risco de invernada em Goiás e Distrito Federal. Em Mato Grosso do Sul, o tempo permanece seco e ensolarado.

Nordeste

Uma grande novidade fica por conta do retorno dos temporais para o leste do Nordeste, algo comum para época do ano. As chuvas fortes atingem boa parte da costa da Bahia, Sergipe, Alagoas e Pernambuco, com acumulado que passa dos 60 milímetros no litoral de Alagoas, inclusive Maceió. Além da costa leste do Nordeste, chuvas mais isoladas atingem o interior de Alagoas, de Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte, além do Ceará, sudeste do Piauí e centro e norte do Maranhão. Já não há previsão de máximas extremamente elevadas, mas o calor ainda será perceptível na maior parte da região. Apenas em parte do sul e sudoeste da Bahia, a temperatura máxima permanecerá mais baixa.

Norte

Prosseguem as chuvas sobre a maior parte da Região Norte, com previsão de intensos temporais no norte do Amapá, oeste do Pará, Amazonas e Rondônia. Em Beruri, Amazonas, o acumulado pode oscilar em torno dos 200 milímetros, correspondendo a 75% da média do mês de abril. Ainda assim, faz calor em boa parte da Região. O excesso de nuvens deixará a temperatura máxima apenas no norte do Amazonas e oeste do Pará.

Confira a previsão para os próximos dias

Sul

No sábado, a passagem de uma nova frente fria causa chuvas isoladas e com baixo acumulado no interior do Paraná e chuvas mais intensas e generalizadas ao longo do litoral de Santa Catarina e do Paraná. O acumulado promete ser elevado entre a costa do Paraná e o litoral norte de Santa Catarina. No domingo, prosseguem as chuvas com elevado acumulado ao longo da costa de Santa Catarina e parte do litoral do Paraná. Entre 11 e 15 de abril, a passagem de um novo sistema frontal passa a provocar chuva generalizada em toda a região. O acumulado, no entanto, será baixo e não passa dos 20 milímetros nas áreas mais atingidas.

Sudeste

A propagação de uma frente fria pela costa e de áreas de instabilidade pelo interior favorece o retorno das chuvas para boa parte do Sudeste no sábado. A área de instabilidade, chamada de Vórtice, tem por hábito provocar fortíssimos temporais localizados. Não há previsão de grandes acumulados de chuva, porém o risco de vendavais e queda de granizo é bastante elevado. No domingo, as chuvas prosseguem sobre a região e ficam mais generalizadas. Entre 11 e 15 de abril, a previsão é de chuva em boa parte da região, com destaque para acumulado de pouco mais de 30 milímetros no leste de São Paulo, Espírito Santo e Rio de Janeiro.

Centro-Oeste

No sábado, as chuvas enfraquecem entre Goiás e Distrito Federal, mas voltam a atingir o leste de Mato Grosso do Sul. Em Mato Grosso, as chuvas prosseguem, com risco de temporais no noroeste de Mato Grosso. No domingo, as chuvas atingem todo o Mato Grosso, além do norte de Mato Grosso do Sul e partes de Goiás. Há risco de temporais no sudoeste de Mato Grosso. Entre 11 e 15 de abril, as chuvas atingem toda a região, com exceção do leste de Goiás e do Distrito Federal. Os maiores acumulados concentram-se sobre Mato Grosso.

Nordeste

O destaque no sábado ainda será a chuva forte no leste do Nordeste, especialmente entre o litoral de Sergipe e de Alagoas. Já no domingo, as chuvas mais intensas atingem o litoral norte da Bahia, litoral de Sergipe e litoral de Pernambuco. Entre 11 e 15 de abril, as chuvas fortes prosseguem ao longo do leste do Nordeste, mas também volta a chover forte sobre o norte da Região, com acumulado de mais de 70 milímetros no centro e norte do Maranhão, do Piauí, boa parte do Ceará e oeste do Rio Grande do Norte.

Norte

No sábado, os temporais atingem o Amazonas, Rondônia, sul de Roraima e Pará. No domingo, as chuvas fortes atingem partes do Amazonas, Roraima, Pará e Amapá. Na próxima semana, destacamos as chuvas fortes, com acumulado de mais de 150 milímetros, sobre o Pará, Amapá e leste do Amazonas.

Tags:
Fonte:
Somar Meteorologia

0 comentário