Temporais atingem regiões Norte e Nordeste causando grandes acumulados

Publicado em 12/04/2011 09:51 425 exibições
Chuvas diminuem no Sul e Centro-Oeste.
QUARTA, DIA 13

Sul

As chuvas diminuem em boa parte da região Sul. As poucas chuvas atingem o litoral dos três Estados e o noroeste do Paraná. Ainda faz frio na madrugada, com mínima em torno dos 10°C nos pontos mais elevados dos três Estados. À tarde, no entanto, a temperatura entra em elevação em toda a região, gerando sensação de calor no oeste do Rio Grande do Sul e noroeste do Paraná e mantendo a sensação térmica agradável em Santa Catarina.

Sudeste

As chuvas prosseguem, porém com menor acumulado, sobre São Paulo, oeste e sul de Minas Gerais e sul do Rio de Janeiro. Já sobre o Espírito Santo e boa parte do centro e norte de Minas Gerais, o tempo permanece seco. A temperatura máxima entra em declínio e a sensação será mais agradável sobre o sul de Minas Gerais. Já na maior parte do Sudeste, o calor predomina.

Centro-Oeste

A área de instabilidade afasta-se de Mato Grosso do Sul e retornam o calor e as chuvas de fim de tarde para todo o Centro-Oeste. De uma forma geral, as chuvas virão com baixo acumulado.

Nordeste

A área de instabilidade chamada de Zona de Convergência Intertropical chega ao seu ápice e causa intensos temporais sobre o centro e norte do Maranhão e do Piauí, no Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, centro e leste de Pernambuco e na costa norte de Alagoas. Na região de Açailândia, no oeste do Maranhão, o acumulado pode chegar aos 115mm, correspondendo a quase metade da média do mês de abril. Também há previsão de chuva forte sobre o litoral sul da Bahia. Por outro lado, no interior da Bahia, em Sergipe, na maior parte de Alagoas, oeste de Pernambuco e sul do Piauí e do Maranhão, o risco de chuva será menor. Com relação à temperatura, o calor predomina em boa parte da região.

Norte

Chuvas atingem toda a região. Os temporais concentram-se sobre o norte do Tocantins, centro e norte do Pará, leste do Amazonas e sudoeste de Roraima. Em Anapu, no Pará, o acumulado chega aos 110mm, correspondendo a 30% da média do mês de abril. Apesar da chuva, o calor predomina na maior parte da região.

Confira a previsão para os próximos dias

Sul

Na quinta, dia 14, as chuvas fortes retornam ao Rio Grande do Sul e ao oeste de Santa Catarina e Paraná, com potencial para transtornos e acumulado de mais de 60mm, especialmente no Rio Grande do Sul. Na sexta, a chuva forte atinge o norte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e o oeste e sul do Paraná. Até pelo menos o dia 20 de abril, as chuvas permanecerão concentradas sobre a região Sul, especialmente o Rio Grande do Sul. A persistência da chuva deve atrapalhar as atividades de colheita da soja no Estado.

Sudeste

O tempo permanece seco na maior parte da região. As chuvas isoladas e com baixo acumulado atingem o sul e o nordeste de Minas Gerais. Na sexta, dia 15, as chuvas isoladas atingem a divisa de São Paulo com o Rio de Janeiro e o norte do Espírito Santo. Entre 16 e 20 de abril, as chuvas atingem boa parte do Sudeste, porém não há previsão de grande acumulado. O noroeste do Estado de Minas Gerais permanecerá com tempo seco.

Centro-Oeste

Na quinta, dia 14, as chuvas diminuem consideravelmente sobre o Centro-Oeste. As chuvas atingem apenas o sul e oeste de Mato Grosso do Sul, oeste de Mato Grosso e norte de Goiás. Na sexta-feira, prosseguem as chuvas sobre o centro, oeste e sul de Mato Grosso do Sul, centro, oeste e norte de Mato Grosso e noroeste de Goiás. Entre 16 e 20 de abril, o tempo permanecerá seco na maior parte da Região Centro-Oeste. As chuvas atingem com maior intensidade apenas o centro e sul de Mato Grosso do Sul.

Nordeste

As chuvas fortes permanecem concentradas sobre a costa leste do Nordeste, além dos Estados do Maranhão, Piauí, Ceará e Rio Grande do Norte. Na sexta, dia 15, as chuvas atingem o Maranhão, Piauí, litoral do Ceará, litoral do Rio Grande do Norte e no leste do Nordeste, desde o sul da Bahia até Alagoas. Entre 16 e 20 de abril, prosseguem as chuvas fortes sobre o leste do Nordeste e os Estados do norte do Nordeste, como Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba.

Norte

As chuvas fortes novamente atingem o norte do Tocantins, centro e norte do Pará, Amapá e leste do Amazonas. Na sexta, dia 15, as chuvas fortes concentram-se entre o Pará e Amapá. Entre 16 e 20 de abril, esperam-se chuvas em boa parte da região Norte, com exceção do sudeste do Tocantins. Por outro lado, o acumulado pode chegar aos 200mm entre o Pará e Amapá.

Tags:
Fonte:
Somar Meteorologia

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário