Tempo seco predomina na maior parte do Sudeste e Centro-Oeste

Publicado em 13/04/2011 12:01 447 exibições
Uma nova frente fria provoca chuva no Sul.
QUINTA, DIA 14

Sul

Uma nova frente fria causa chuva forte sobre boa parte da região. Apenas no norte do Paraná e no leste do Rio Grande do Sul, o risco de chuva será menor. Intensos temporais atingem especialmente a divisa de Santa Catarina com o Rio Grande do Sul, com acumulado de mais de 60 milímetros. O frio da madrugada diminui, mas a temperatura máxima entra em declínio no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. Já no Paraná, a previsão é de muito calor à tarde.

Sudeste

O tempo permanece seco na maior parte da região. Apenas no sul de São Paulo e norte de Minas Gerais, áreas de instabilidade causam chuva isolada e com baixo acumulado. O calor aumenta ainda mais e predomina em toda a região.

Centro-Oeste

As chuvas diminuem consideravelmente sobre o Centro-Oeste. A previsão é de tempo seco e quente para a maior parte das cidades. As poucas chuvas atingem o noroeste de Mato Grosso e de Goiás e o sul e nordeste de Mato Grosso do Sul.

Nordeste

As chuvas generalizadas prosseguem sobre o centro e norte do Maranhão, norte do Piauí, Ceará, litoral do Rio Grande do Norte, leste e oeste de Pernambuco, centro e leste de Alagoas e de Sergipe, além de todo o litoral e zona da mata da Bahia. O Maranhão será o Estado mais castigado pelas chuvas fortes, com acumulado em torno dos 60 milímetros, especialmente sobre as cidades do norte do Estado. Mesmo com as chuvas, o calor prossegue sobre toda a região.

Norte

As chuvas atingem boa parte da região, com exceção do centro e leste do Tocantins. Intensos temporais atingem partes de Roraima, Amazonas, Pará, norte do Tocantins e Amapá. Em Vitória do Xingu, no Pará, o acumulado pode alcança 135 milímetros, correspondendo a quase metade da média do mês de abril. O aumento da nebulosidade faz com que a temperatura máxima entre em declínio no centro e norte do Pará, boa parte do Amazonas e norte do Tocantins.

Confira a previsão para os próximos dias

Sul

Nesta sexta, a chuva forte atinge o norte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e o oeste e sul do Paraná. Até pelo menos o dia 20 de abril, as chuvas permanecerão concentradas sobre a região, especialmente o Rio Grande do Sul. A persistência da chuva deve atrapalhar as atividades de colheita da soja no Estado.

Sudeste

Para sexta, a previsão é de tempo seco na maior parte da região. As poucas chuvas atingem São Paulo, costa norte do Espírito Santo e o noroeste de Minas Gerais. No sábado, prossegue o tempo seco sobre boa parte do Sudeste. As poucas chuvas atingem parte de São Paulo, Espírito Santo e o sudoeste, sul e leste de Minas Gerais. Até o dia 21 de abril, o tempo permanecerá seco na maior parte da região. Viveremos, a partir de agora, de chuvas bastante localizadas ou da passagem de frentes frias. As chuvas intensas, típicas do verão, acabam a partir de agora, com a passagem desta área de instabilidade que avança por São Paulo.

Centro-Oeste

Para esta sexta, a previsão é de tempo quente na maior parte do Centro-Oeste. As poucas chuvas atingem apenas o sul de Mato Grosso do Sul e o noroeste de Mato Grosso. No sábado, novamente, o tempo permanece seco na maior parte do Centro-Oeste. Destacam-se apenas as chuvas sobre o norte de Mato Grosso. Até pelo menos o dia 21 de abril, o tempo não muda e permanece seco e quente na maior parte do Centro-Oeste, especialmente sobre Goiás e Distrito Federal. A exceção fica por conta do noroeste de Mato Grosso, onde ainda chove forte, com acumulado de até 70 milímetros. Viveremos, a partir de agora, de chuvas bastante localizadas ou da passagem de frentes frias sobre a maior parte do Centro-Oeste.

Nordeste

Nesta sexta, as chuvas atingem o Maranhão, Piauí, litoral do Ceará, litoral do Rio Grande do Norte e no leste do Nordeste, desde o sul da Bahia até Alagoas. Entre 16 e 20 de abril, prosseguem as chuvas fortes sobre o leste do Nordeste e os Estados do norte do Nordeste, como Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba.

Norte

As chuvas fortes concentram-se entre o Pará e Amapá nesta sexta. Entre 16 e 20 de abril, esperam-se chuvas em boa parte da região, com exceção do sudeste do Tocantins. Por outro lado, o acumulado pode chegar aos 200 milímetros entre o Pará e Amapá.

Tags:
Fonte:
Somar Meteorologia

0 comentário