Previsão do tempo: Terça será de calor e chuvas em boa parte do Nordeste

Publicado em 18/04/2011 11:41 523 exibições
Há risco de temporais sobre trechos de Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará e Piauí.
TERÇA, DIA 19

Sul
Nesta terça-feira, o sistema frontal mantém as chuvas sobre o Rio Grande do Sul, Santa Catarina e sobre o leste e sudoeste do Paraná. Para variar, a previsão é de chuva com baixo acumulado. Apenas na Serra e Litoral Norte do Rio Grande do Sul, há risco de temporais, com acumulado de até 30 mm. Faz frio na madrugada sobre boa parte do Rio Grande do Sul, com mínima entre 6°C e 9°C nas áreas mais próximas da fronteira com o Uruguai. Já com relação à temperatura máxima, a sensação térmica será agradável no Rio Grande do Sul e no leste de Santa Catarina e do Paraná. No oeste do Paraná, a sensação será de calor, com máxima de mais de 30°C em algumas cidades.

Sudeste
Nesta terça-feira, o tempo pouco muda e permanece seco e ensolarado em boa parte da Região. As chuvas associadas com áreas de instabilidade atingem apenas parte do Rio de Janeiro, Espírito Santo e zona da mata de Minas Gerais. Há risco de chuva forte em Vitória. A temperatura máxima permanece elevada em toda a Região, passando dos 30°C no oeste paulista. Por outro lado, a madrugada promete ser fria na Serra da Mantiqueira. Em São Paulo, o atual tempo seco, com umidade relativa do ar em torno dos 30%, favorece as atividades de colheita da cana-de-açúcar. Esta atividade pode ser relacionada com número de focos de queimadas.

Centro-Oeste
Tempo seco, ensolarado e quente no Centro-Oeste. Apenas no norte de Mato Grosso, áreas de instabilidade causam pancadas de chuva com baixo acumulado. A umidade do ar oscila em torno dos 30% nas áreas mais secas, algo que favorece o aumento dos focos de queimada. Entre os dias 17 e 18 de abril, o Inpe registrou pouco mais de 70 focos de queimada em Mato Grosso, sendo o Estado com maior número de focos.

Nordeste
Na terça-feira, a situação pouco muda e as chuvas generalizadas atingem o Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas e a costa de Sergipe e da Bahia. Ainda há risco de temporais, com acumulado que varia entre 20 mm e 70 mm sobre a costa de Pernambuco, litoral do Rio Grande do Norte, interior do Ceará e centro e norte do Piauí. Por outro lado, na maior parte do interior da Bahia, o risco de chuva permanece baixo. Mesmo com a previsão de chuva sobre a maior parte da Região Nordeste, o calor predomina.

Norte
Nesta terça-feira, áreas de instabilidade causam chuva sobre boa parte da Região, com exceção do sul de Tocantins. Os maiores temporais concentram-se sobre o norte do Pará, nordeste do Amazonas e sul de Roraima. Em Caroebe, Roraima, o acumulado alcança 60 mm ou 20% da média do mês de abril. O calor predomina em boa parte da Região, com exceção da região onde há previsão de temporais.

Confira a previsão para os próximos dias

Sul
Na quarta-feira, os temporais ganham intensidade sobre o Rio Grande do Sul e atingem todo o centro, oeste e sul do Estado. O acumulado chega a 50 mm em algumas cidades e as rajadas chegam a 75 km/h sobre a Campanha. Na quinta-feira, a frente fria traz chuva generalizada, mas com baixo acumulado, ao Rio Grande do Sul, oeste e sul de Santa Catarina e sudoeste do Paraná. Na sexta-feira, os temporais retornam e atingem o sul de Santa Catarina e boa parte do norte, centro e oeste do Rio Grande do Sul. O acumulado chega aos 50 mm em algumas cidades do centro e oeste do Rio Grande do Sul. Entre 23 e 27 de abril, o bloqueio dá uma pequena trégua e as chuvas prometem enfraquecer sobre a Região Sul.

Sudeste
Na quarta-feira, espera-se mais um dia seco e ensolarado em boa parte do Sudeste. As chuvas atingem apenas parte da zona da mata de Minas Gerais, norte do Rio de Janeiro e Espírito Santo. Há risco de chuva forte em Vitória. A madrugada permanece fria na Serra da Mantiqueira. Já à tarde, o calor predomina em boa parte da Região, passando dos 30°C no oeste de São Paulo. Na quinta e na sexta-feira, as poucas chuvas permanecem concentradas sobre o noroeste do Rio de Janeiro, Espírito Santo e zona da mata de Minas Gerais. Após o fim de semana prolongado, o bloqueio atmosférico finalmente cede e as chuvas atingem todo o Sudeste, com acumulado médio em torno dos 20 mm.

Centro-Oeste
Tempo seco, ensolarado e quente no Centro-Oeste. Apenas no norte e oeste de Mato Grosso, áreas de instabilidade causam pancadas de chuva com baixo acumulado. Até a sexta-feira, o tempo não muda e as chuvas prosseguem apenas sobre o norte e oeste de Mato Grosso. Entre 23 e 27 de abril, o bloqueio cede e uma frente fria favorece o retorno das chuvas para o Centro-Oeste. Apesar dos baixos acumulados, recomendamos cautela com quaisquer tomadas de decisão, pois apenas com sete dias de antecedência será possível estimar o acumulado de chuva para cada localidade da Região.

Nordeste
Na quarta-feira, as chuvas generalizadas atingem o Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte e o leste da Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia. Ainda há previsão de temporais, com acumulado entre 20 mm e 40 mm sobre o interior do Maranhão, Piauí e Ceará. Na quinta-feira, as chuvas fortes prosseguem sobre a costa leste e Estados do norte do Nordeste. O acumulado varia entre 50 mm e 100 mm entre o Ceará e Piauí. Na sexta-feira, prosseguem as chuvas fortes, com acumulado de mais de 100 mm na costa do Ceará e oeste do Maranhão. Entre 23 e 27 de abril, as chuvas ganham ainda mais intensidade e o acumulado pode chegar aos 200 mm em algumas cidades do Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas.

Norte
Na quarta-feira, o padrão de distribuição de chuva não muda e as precipitações atingem a maior parte da Região, com exceção do sul do Tocantins. Os temporais atingem preferencialmente a costa do Amapá, oeste do Pará e o norte de Roraima, inclusive Boa Vista. Mesmo com as chuvas, o calor predomina em boa parte da Região. Na quinta-feira, destacam-se as chuvas extremamente intensas sobre Roraima. Na sexta-feira, os temporais atingem o norte do Tocantins, leste e oeste do Pará e o centro e leste do Amazonas. Entre 23 e 27 de abril, prosseguem as chuvas fortes sobre boa parte da Região, com acumulado em torno dos 200 mm em partes do Amazonas, Roraima, Pará, Amapá e norte do Tocantins.

Tags:
Fonte:
Somar Meteorologia

0 comentário