Previsão do tempo: Temporais podem atingir a região Sul nesta quarta

Publicado em 19/04/2011 10:04 1030 exibições
Chuvas continuam com intensidade na região Nordeste.
QUARTA-FEIRA, DIA 20

Sul

Nesta quarta-feira, destacamos o retorno dos intensos temporais ao Rio Grande do Sul. A passagem de áreas de instabilidade abastecidas pela umidade que vem da Amazônia causa chuvas e ventos fortes desde cedo sobre o Rio Grande do Sul. A previsão é de chuva e trovoada em todo o Estado, sendo que no centro e oeste gaúchos, o acumulado passa dos 50 mm, com rajadas de vento em torno dos 60km/h. Também chove no oeste e sul de Santa Catarina a partir do fim do dia, porém na maior parte deste Estado e em todo o Paraná, o tempo permanecerá seco com sol entre nuvens. O frio da madrugada diminui consideravelmente no Rio Grande do Sul. Além disso, à tarde, a previsão é de calor em grande parte da Região Sul. Apenas a fronteira com o Uruguai permanecerá com tempo seco.

Sudeste

Nesta quarta-feira, o tempo permanece seco e ensolarado em boa parte do Sudeste. As chuvas ficam restritas ao norte do Rio de Janeiro, Espírito Santo e zona da mata de Minas Gerais, sendo que há risco de temporais em todas as praias e cidades do litoral do Espírito Santo. O frio da madrugada aumenta em boa parte de Minas Gerais, mas a sensação térmica será agradável na maior parte da Região Sudeste à tarde. Apenas no oeste de São Paulo, o calor predomina.

Centro-Oeste

Tempo seco, ensolarado e quente no Centro-Oeste. Apenas no noroeste de Mato Grosso, áreas de instabilidade causam pancadas de chuva com baixo acumulado.

Nordeste

Na quarta-feira, as chuvas generalizadas prosseguem sobre o Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e no litoral e zona da mata do Nordeste, entre Pernambuco e Bahia. Os temporais atingem boa parte do interior do Maranhão, boa parte do Estado do Ceará, oeste do Piauí e a costa, desde o Rio Grande do Norte até o sul da Bahia. O acumulado de chuva varia entre 20mm e 80mm nas cidades mais atingidas. O calor predomina em toda a Região, independentemente da condição do tempo.

Norte

Na quarta-feira, o padrão de distribuição de chuva não muda e as precipitações atingem a maior parte da Região, com exceção do sul do Tocantins. Os temporais atingem preferencialmente o oeste do Amapá e o norte do Pará. O calor predomina em boa parte da Região, com exceção do norte do Pará.

Confira a previsão para os próximos dias

Sul

Na quinta-feira, espera-se a formação de um ciclone extratropical junto à costa do Rio Grande do Sul, sistema que organiza a umidade da Amazônia e mantém as chuvas sobre o centro e norte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e no leste e sudoeste do Paraná. Ainda há risco de temporais, que atingem preferencialmente o centro e nordeste do Rio Grande do Sul e o sul de Santa Catarina. Na sexta-feira, os temporais retornam e atingem o sul de Santa Catarina e boa parte do norte, centro e oeste do Rio Grande do Sul. Entre 23 e 27 de abril, o bloqueio dá uma pequena trégua e as chuvas prometem enfraquecer sobre a Região Sul. Mesmo assim, a precipitação não irá parar completamente e espera-se acumulado de 30mm no Rio Grande do Sul e oeste de Santa Catarina e 10mm no Paraná.

Sudeste

Na quinta-feira, o tempo não muda e permanece seco e ensolarado na maior parte do Sudeste. As chuvas isoladas e com baixo acumulado atingem apenas o norte do Rio de Janeiro, Espírito Santo e leste de Minas Gerais. O frio da madrugada aumenta ainda mais sobre Minas Gerais, especialmente o sul do Estado. À tarde, no entanto, a previsão é de uma sensação térmica agradável em toda a Região, com exceção do noroeste de São Paulo, onde o calor predomina. Na sexta-feira, as poucas chuvas permanecem concentradas sobre o noroeste do Rio de Janeiro, Espírito Santo e zona da mata de Minas Gerais. Após o fim de semana prolongado, o bloqueio atmosférico finalmente cede e as chuvas atingem todo o Sudeste, com acumulado médio em torno dos 20mm.

Centro-Oeste

Na quinta-feira, nada muda e o tempo permanece seco, ensolarado e quente em toda a Região. As chuvas isoladas e com baixo acumulado atingem apenas o norte e oeste de Mato Grosso e o oeste de Mato Grosso do Sul. Até a sexta-feira, o tempo não muda e as chuvas prosseguem apenas sobre o norte e oeste de Mato Grosso. Entre 23 e 27 de abril, o bloqueio cede e uma frente fria favorece o retorno das chuvas para o Centro-Oeste. Apesar dos baixos acumulados, recomendamos cautela com quaisquer tomadas de decisão, pois apenas com sete dias de antecedência será possível estimar o acumulado de chuva para cada localidade da Região.

Nordeste

Na quinta-feira, prosseguem as chuvas generalizadas sobre o Maranhão, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, centro e leste de Pernambuco, oeste e norte do Piauí, Sergipe e ao longo da costa e zona da mata da Bahia e Alagoas. Os maiores temporais atingem a costa do Ceará e do Rio Grande do Norte, com acumulado de até 100mm. O calor predomina em toda a Região, independentemente da condição do tempo. Na sexta-feira, prosseguem as chuvas fortes, com acumulado de mais de 100mm na costa do Ceará e oeste do Maranhão. Entre 23 e 27 de abril, as chuvas ganham ainda mais intensidade e o acumulado pode chegar aos 200mm em algumas cidades do Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas.

Norte

Na quinta-feira, as chuvas atingem a maior parte da Região, com exceção do sul do Tocantins. Os maiores temporais concentram-se sobre Roraima. Em São João da Baliza, o acumulado chega aos 80 mm, passando dos 25% da média do mês de abril. O calor predomina em boa parte da Região, com exceção de Roraima e o norte do Pará. Na sexta-feira, os temporais atingem o norte do Tocantins, leste e oeste do Pará e o centro e leste do Amazonas. Entre 23 e 27 de abril, prosseguem as chuvas fortes sobre boa parte da Região, com acumulado em torno dos 200mm em partes do Amazonas, Roraima, Pará, Amapá e norte do Tocantins.

Tags:
Fonte:
Somar Meteorologia

0 comentário