Código Florestal: Dilma pode anunciar decisão ainda nesta quinta

Publicado em 24/05/2012 12:04 e atualizado em 24/05/2012 17:24 866 exibições
A tarde da presidente Dilma Rousseff deverá ser toda dedicada à análise e discussão do novo Código Florestal brasileiro, como noticiou o Terra nesta quinta-feira (24). Ideli Salvatti, ministra das Relações Internacionais, já adiantou, porém, que Dilma deverá anunciar ainda hoje o veto parcial ao texto aprovado na Câmara dos Deputados no mês passado. 

"Estamos todos na expectativa de que, no mais tardar até amanhã (hoje, quinta dia 24), ela deva estar já com a decisão tomada para poder fazer a publicação no Diário Oficial da sexta-feira. só acontecerá um veto total se for absolutamente impossível aproveitar algo pela harmonia do texto legal", disse a ministra na quarta-feira. 

Segundo a ageência Reuters, dois ministros que participaram das negociações, a presindente deverá ainda falar com líderes aliados sobre antes de fazer seu anúncio. Os políticos afirmaram que os trechos onde for considerado pela presidente haver uma "lacuna" serão preenchidos por medidas provisórias ou projeto de lei proposto por senadores. O prazo final de Dilma é essa sexta-feira, 25. 

Para Ideli Salvatti, o Congresso Nacional não será capaz de derrubar eventuais vetos da presidente. "Não há a menor possibilidade política, acredito, de derrubada de veto até porque precisa ter três quintos nas duas casas (legislativas), e o Senado, com a participação da Câmara, produziu um acordo que, depois, não foi respeitado na votação da Câmara", afirmou. 

Com informações do Portal Terra. 

Petição com 1,9 milhão de assinaturas tenta vetar Código Florestal

A Presidência da República recebeu nesta quinta-feira um pedido assinado por 1,9 milhão de pessoas de que o novo Código Florestal seja vetado por Dilma Rousseff. A Avaaz, uma organização global de campanhas, é responsável pela petição. Ela alega que mais de 2,5 mil telefonemas foram recebidos nas embaixadas brasileiras pedido que o texto seja barrado.

No Brasil, a organização tem mais de 1,5 milhão de membros e ajuda na campanha pelo veto presidencial ao Código. Durante um mês, o "Veta, Dilma" virou fenômeno na internet. Diversas celebridades, inclusive, têm apoiado essa campanha. Entre elas, o cineasta Fernando Meirelles que defende o veto total ao projeto.

O novo Código Florestal foi aprovado pela Câmara dos Deputados e está agora nas mãos da presidente. Ela deve pronunciar sua decisão ainda nesta quinta-feira.



Por:
Carla Mendes e Fernanda Cruz
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário