Personagem que simbolizou luta pelas mudanças no Código Florestal morre em Fartura/SP aos 84 anos

Publicado em 13/08/2013 09:29
3546 exibições

O produtor rural Celso de Oliveira, de Fartura/SP, faleceu no último dia 2 de julho, vítima de uma cirrose hepática, aos 84 anos. 

Há anos, Celso sofria com a insegurança causada pelas brechas do Código Florestal e, em 2011, aos 81 anos, viu sua propriedade ser demolida por estar no limite de 100 metros da reserva do rio Xavantes. 

"A minha vida inteira foi dedicada ao plantio. Desde moleque eu plantei mais de mil árvores, não tem nem jeito de calcular", disse ao jornalista João Batista Olivi, em 2011, em uma reportagem especial feita no município. 

Relembre a reportagem no link abaixo.  Em seguida, a nota de falecimento enviada por sua esposa. 

>> ESPECIAL: Confira a reportagem de João Batista Olivi sobre o Código Florestal em Fartura

"Hoje, depois de refletir sobre grandes gestos de dedicação, boa vontade e carinho que algumas pessoas dedicaram ao Celso e a mim, sinto-me no dever de comunicar-lhe sobre o falecimento do Celso, ocorrido no dia 02 de Julho de 2013, justamente pelo fato do senhor ser uma destas pessoas especiais. Ele faleceu de cirrose hepática, embora nunca tenha bebido ou fumado. Sem a presença dele, meu mundo ficou menor e os problemas aumentaram, posto que em vida, nossa batalha era dividida. Com pesar, envio-lhe o santinho de sétimo dia, com a foto dele que ilustrou assuntos pertinentes ao código florestal e que muito o aborrecera em termos de igualdade e justiça sem distinção, considerando que no final da vida, quando deveria viver em paz, ele só conhecera a decepção e desrespeito vindo da própria justiça. Que ele descanse em paz onde estiver, numa dimensão em que a justiça é de Deus e não dos homens.

Um grande abraço!

Angélica"

Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário