Reação: Um dever e um direito do produtor rural Brasileiro

Publicado em 14/05/2011 15:15 e atualizado em 18/05/2011 10:18 893 exibições
por José Augusto Baldassari, de Franca (SP). 14 de Maio de 2011.
Carta aberta à CNA.

Senhora Presidente e demais senhores Diretores da CNA.

Entrem no site do "Canal Rural", cliquem no item "Fala Produtor" e sintam a revolta e a impotência do prá lá de achincalhado produtor rural brasileiro.

Vocês da NOSSA CNA, órgão sindical máximo de representação da NOSSA categoria, precisam sair dos bastidores, "chacoalhar" as NOSSAS federações e principalmente os NOSSOS sindicatos regionais e ir a publico, se posicionando duramente contra estas verdadeiras palhaçadas e ameaças as quais o produtor rural brasileiro vem sendo submetido, como de costume, via esta politicagem nojenta de imposições e "trocas" que já nos cansamos de assistir, sem a devida reação que este momento pede-Votação do "Código Florestal"-que parece se destinar exclusivamente ao produtor rural e não a toda a sociedade brasileira. Os "Ruralistas criminosos" contra "angélicos ambientalistas".

Como sócio, obrigado por lei, e pagante em dia  da CNA, me arrogo no direito de exigir da senhora e dos senhores diretores este imediato posicionamento. E digo-lhes que esta justa exigência é o sentimento dos milhares de produtores rurais associados a CNA por todo o país.

A senhora Presidente e os senhores Diretores da CNA tem o dever moral de defenderem e protegerem o produtor rural brasileiro de maneira eficiente e efetiva, em todas as situações que se apresentem, pois esta é a razão única que justifica a existência da CNA, é para isto que estão aí nos REPRESENTANDO, por nossa expressa delegação.

Recebi a poucos dias e-mail da CNA se pondo à disposição para explicar e dirimir dúvidas quanto a "contribuição sindical obrigatória" paga à CNA por nos produtores rurais de todo o país.

A melhor maneira de justificar o uso do pagamento compulsório que a CNA recebe todos os anos dos produtores, pequenos, médios e grandes, não é enviando cartas e/ou e-mails aos associados pagantes, se pondo à disposição para esclarecimentos, mas, repito, vindo à publico nos defender com a necessária firmeza que o momento pede.

A CNA precisa promover a UNIÃO  de todo o setor rural brasileiro, todos nós, independente de ocuparmos quaisquer cargos..., como cidadãos, temos que ter a inteligência de costurar esta UNIÃO, vamos nos unir com a OCB, com as Associações de Classe, isto é, a indispensável união de todos, o Associativismo, o Cooperativismo e o Sindicalismo rural, aos quais todos nós, produtores rurais, pertencemos e precisamos. Este é o tripé que nos dá sustentação. Não sei porque isto não ocorreu até agora e espero que ocorra.

Deixemos os "personalismos" de lado. Só assim seremos forte para defendermos as nossas justas reindivicações. Espero receber vossas manifestações e principalmente que levem em consideração as colocações que democraticamente lhes faço, na expectativa de ver a CNA promovendo este chamado para a real UNIÃO do setor rural brasileiro. A colheita seria enorme.

Faço questão de deixar claríssimo que apresento-lhes o meu pensamento e meu posicionamento pessoal.

Não estou aqui representando nenhuma instituição ou pessoas, apenas exerço o meu direito de cidadão-produtor rural.

Atenciosamente

José Augusto Baldassari.
Produtor rural.
Franca/SP.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário