Código Florestal: Vaccarezza diz que governo não deve recuar em três pontos

Publicado em 19/05/2011 14:02 e atualizado em 19/05/2011 14:32 2039 exibições
'Se a presidente vetar totalmente será muito pior', diz líder sobre código. Vaccarezza diz que governo não abrirá mão de três pontos no projeto.Votação do Código Florestal está prevista para a próxima terça-feira.
O líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), disse nesta sexta-feira (19) que não há possibilidade de o governo recuar em três pontos nas negociações para votação do projeto do novo Código Florestal, prevista para a próxima terça (24) após três adiamentos.

Segundo Vacarezza, o governo não concordará com a legalização de áreas desmatadas,  com a consolidação das áreas anteriormente desmatadas e com a anistia das multas para quem desmatou.

O deputado disse não saber se a presidente Dilma Rousseff pode vetar ou não o projeto caso sejam introduzidos esses pontos, mas adiantou que quem votar contra o governo pode sofrer prejuízo.

 “Vai ser muito melhor para a base e para os trabalhadores rurais seguirem a base. Se a presidenta vetar totalmente, será muito pior para aqueles que seguirem uma orientação de uma base menor da Câmara", afirmou.

Segundo Vacarezza, o governo ainda quer um prazo para, via decreto ou lei federal, estabelecer as áreas de preservação permanentes nas margens de rios. “Para o governo não existem áreas consolidadas”, disse.

Para o líder do governo, o texto do relator Aldo Rebelo (PCdoB-SP) não deverá mais sofrer alterações, além daquelas acordadas pelos líderes partidários.

“Não haverá apresentação de texto novo. Se um deputado disser que houve mudança, ou ele quer confundir a votação ou ele está dizendo que não se segue o regimento. Não se pode fazer um texto novo”, afirmou .

Palocci
O líder do governo na Câmara não quis comentar o episódio da suposta multiplicação do patrimônio do ministro Antonio Palocci entre 2006 e 2010, período em que ele exerceu mandato de deputado federal.

“Para se ter esse tipo de informação é preciso quebra de sigilo. Pode ser que tenha havido quebra de sigilo ilegal do Palocci, mas eu não tenho esta informação”, disse.

Segundo ele, a tentativa da oposição de levar Palocci à Câmara para prestar depoimento sobre o crescimento do patrimônio era uma tentativa de “criar problema”. Os requerimentos foram derrubados na sessão desta quarta-feira (18).

“O que interessa ao governo é cumprir a lei. Para a oposição, interessa criar problema para o governo. Se o Palocci fosse convocado, não estaria tudo resolvido. A oposição não queria resolver o problema, queria criar o problema”, declarou.

Vaccarezza espera que votação do Código seja concluída na terça

O líder do governo, Cândido Vaccarezza (PT-SP), espera que a votação do novo Código Florestal seja concluída até o fim da terça-feira. Segundo ele, o governo não vai concordar “em hipótese nenhuma” com a legalização de áreas desmatadas até 2008, com a consolidação de todas as áreas desmatadas e com a anistia aos desmatadores.

“Esses pontos não estão em consonância com o pensamento do governo e do país. Vamos aproveitar para convencer a base a aprovar essa proposta”, disse. “O Plano A do governo é convencer a base a garantir nosso binômio: dar condições de produção e preservar o meio ambiente”, completou.

A votação está marcada para começar na manhã da terça-feira. À noite, o líder espera ter condições de votar a MP 517, que concede incentivos tributários a vários setores da economia e prorroga de 2010 para 2035 a vigência da reserva global de reversão (RGR), composta por recursos das concessionárias de energia elétrica para serem aplicados em expansão e melhoria dos serviços de energia.

Fonte:
G1.com + Agência Brasil

9 comentários

  • mario guimarães rio de janeiro - RJ

    SOU RURALISTA, COM MUITA HONRA. Não vão ser falsos ambientalistas que vão parar o Brasil. ALIÁS, ESSA GENTE QUE ADORA TANTO COPIAR OS OUTROS, POR QUE RAZÃO NÃO MENCIONA A LEGISLAÇÃO AMBIENTAL DOS OUTROS PAISES ? NÃO COPIAM, NEM QUEREM MENCIONAR POR SABEREM QUE LÁ A COISA É DIFERENTE, BEM DIFERENTE, DO QUE PREGAM PARA OS OUTROS ... E as nascentes dágua, por que razão não foi incentivada a sua recuperação, desonerando os fios dágua decorrentes até o encontro com o curso dágua seguinte ? É um tiro no pé ? Mario Guimarães. advogado, economista produtor rural mineiro.

    0
  • mario guimarães rio de janeiro - RJ

    Quem é Sarney Filho ? O que foi que êle CRIOU OU PLANTOU ? Conheço o pai dele, que pelo menos não está correndo da raia, diante da pressão das ongs financiadas por estados unidos e europa. Qual a impotânciade um lavrador ou de um boiadeiro, perto de uma Marina da Silva ? MUITA. A dita cuja fala como se o Brasil todo tivesse os mesmos problemas que ela disse conhecer, quando menina, analfabeta, subordinada aos seus próprios horizontes, limitados por sua reduzida visão de quem se prende apenas a aspectos setoriais. O Aldo Rebelo é comunista, e abraçou a causa por saber, com conhecimento de causa, que os estados unidos e a europa, com interesses escusos, patrocinam essa indignidade toda, para matar a produção brasileira, que pode ser de desenvolvimento sustentável, com equilíbrio. Os livres empreendedores rurais, pequenos, médios e grandes, hoje são chamados de ruralistas, como se essa palavra fosse pejorativa. MARIO CESAR COUTO GUIMARÃES advogado , economista e produtor rural mineiro.

    0
  • mario guimarães rio de janeiro - RJ

    E tem mais... É apresentada a imagem do campo , nas novelas, pela televisão, como sendo de fazendas com sedes cheias de desocupados, que não fazem outra coisa que nao seja "fofocar", conversar sobre futlilidades, brigar entre si, fazendo tudo, menos trabalhar. Não é nada disso, o homem do campo, que na realidade trabalha e produz, é humilde, companheiro, ativo e obreiro, e muitos patrões de hoje, já foram e/ou ainda são trabalhadores braçais, e cresceram com sangue suor e lágrimas. Ocorre que a má fé e a ignorância estão casadas, a má fé de quem informa mal e a ignorância de quem é mal informado e está com a mente bloqueada pela verdadeira lavagem cerebral patrocinada por falsos ambientalistas. O verdadeiro ambientalista sabe que o ser humano é o alvo maior do meio ambiente e precisa da produção agro pecuária, para comer e gerar divisas. MARIO CESAR COUTO GUIMARÃES advogado, economista, produtor mineiro.

    0
  • José Armando Nogueira Salvador - BA

    Uma das coisas mais preocupantes é como prolifera aquela teoria de quanto mais distante da solução maior é o empenho de certas correntes para defendê-la. São urbanóides despreparados, que mal distinguem um pé de couve de uma planta daninha. E se acham donos da verdade da preservação, porque é muito fácil falar de coisas distantes. Querem que choremos a morte de um sagui, enquanto uma criança na Rocinha morre de fome sem socorro. Querem que choremos uma baleia encalhada quando a barriga de milhões de brasileiros ronca de fome está paralizada por vermes. Querem que choremos pela ararazinha azul quando desnutridos bebês morrem nas UTIs sem assistência avançada. Pois bem, meio ambiente é todo o ambiente onde respiramos. No entanto, os vilões, para os ongueiros, são os ruralistas, que detêm o maior índice de preservação do planeta. Os ruralistas que produzimos comida abundante e barata, garantimos superávit comercial há décadas, e avançamos em tecnologia para produzir cada vez mais e usar cada vez menos terra. Minha tese é que o Código Florestal vai normatizar as ações de desenvolvimento e preservação. E os verdes e as marinas da vida vão ficar sem discurso. Os ongueiros vão ficar sem causa, consequentemente sem benesses internacionais e sem emprego.Daí a bravata. Eles não aceitam a discussão democrática, com embasameno científico. No entanto, a midia preguiçosa, mal intencionada lhes dá corda, porque o macaquinho perdido é mais impactante do que o lavrador que produz a comida para o defensor do macaco.

    0
  • mario guimarães rio de janeiro - RJ

    Já notaram que a recuperação das nascentes está desestimulada, com a exigência de 60 metros de faixa, (trinta de cada lado), até para um simples fio dágua ? Os falsos e pretensos ambientalistas estão bem caladinhos, pois de patriotismo não tem nada. NINGUÉM FALA, NINGUÉM RECLAMA NA IMPRENSA, sempre tão atuante quando motivada. Por que será ? Mas existe, também, gente seria; temos de informá-los e motivá-los. continuemos gritando, pois isso não pode prosperar. MARIO GUIMARÃES advogado, economista e produtor rural mineiro.

    0
  • mario guimarães rio de janeiro - RJ

    Os comprometimentos dessa gente são outros ... No entanto, na vida tudo passa, e eles passarão. Já notaram que existe uma orquestração para considerar pejorativa a defesa da atividade rural ? De onde vem isso ? Vem de duas correntes de interesse, a primeira é para gerar o desistímulo, motivada por interesses escusos internacionais, e a segunda é a de grande massa desinformada. Realmente dá até vontade de largar tudo, mas seria dar a vitória à primeira corrente. Temos de continuar lutando, para informar a segunda corrente. E toda a ocupação nos estados unidos e na europa, está, ou não está consolidada ? Nós lutamos pelo nosso desenvolvimento sustentável, integrado, e grande parte luta pelo desenvolvimento financeiro pessoal, pois, aliás, NUNCA prestigiaram a livre iniciativa BRASILEIRA. O Vaccarezza tem o dever de chutar o balde, em nome do interesse da nação brasileira. MARIO GUIMARÃES.advogado, economista, produtor rural mineiro.

    0
  • José Armando Nogueira Salvador - BA

    Se não existem áreas consolidadas, como diz o líder que não respeita coisas combinadas, também não existe governo consolidado. Pois se o governo partir para a ditadura que de certa forma já exerce, vai ter o troco. Ninguém mais vai plantar. Quer fome, perda de mercado internacional, caos, inflação. Por que a dificuldade de entender uma área consolidada? Por que deixar na mão arbitrária de um decreto? É para criarem consultorias? Gente que vai ditar para quem deve ou o que deve ser consolidado. Essa petulância petista é porque querem ser iguais aos leitões: mamar deitados!

    0
  • mario guimarães rio de janeiro - RJ

    Esse Vaccarezza está preocupado com os cargos disponibilizados pela ocupante atual do poder executivo federal, não sabendo como sair de seu dilema pessoal, de representar o poder executivo federal, em confronto com o interesse maior do Brasil. Não me parece má pessoa , mas tem de ter a devida agilidade para não atirar no próprio pé. Ilustre Deputado Vaccarezza, não caia nessa de ser autoritário diante do poder legislativo ao qual você, com dignidade, pertence. O Brasil está acima disso tudo. MARIO GUIMARÃES advogado, economista e produtor rural..

    0
  • mario guimarães rio de janeiro - RJ

    O governo está se dobrando à pressão internacional que prentende interferir no Brasil, mas faz o que bem entende em suas terras. Tem muito palpiteiro que se diz ambientalista, mas faz o jogo dos estados unidos e da europa, que só pretendem prejudicar a produção rural brasileira. MARIO GUIMARÃES advogado, economista e produtor rural em Minas Gerais.

    0