Senado precisa ter bom senso ao fazer as mudanças no Código Florestal, diz Lídice da Mata

Publicado em 26/05/2011 08:20 290 exibições
Todos os Estados do Brasil têm interesse no texto, afirma senadora.
Em pronunciamento nessa quarta, dia 25, a senadora Lídice da Mata (PSB - BA) disse que o Senado precisa ter bom senso ao fazer as mudanças no novo Código Florestal (PL 1876/99), já que, segundo ela, há pontos que requerem discussão por não haver unanimidade. Ela se mostrou uma defensora intransigente do deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), relator do projeto do novo Código Florestal (PL 1876/99), mas afirmou que o respeito a ele não pode impedir mudanças no texto. O projeto foi aprovado na noite de terça, dia 24, na Câmara dos Deputados e deve chegar ao Senado na próxima semana.

- Aqui não permitirei nenhum tipo de injunção, de suspeição sobre o relatório e a postura digna e honrada desse deputado federal, que, como já foi dito aqui, é um grande homem público, meu amigo, meu companheiro há mais de 20 anos, mas isso não quer dizer que o relatório não possa ser modificado - afirmou a senadora.

A senadora defendeu o respeito entre os senadores, mesmo que estejam em lados opostos da discussão e disse que o código não interessa apenas aos Estados do Norte ou do Centro-Oeste, mas a todo o Brasil. Lídice da Mata informou que discutirá em igual patamar com senadores de todas as regiões do país.

- Esta casa não precisa refazer todo o Código Florestal nem toda a discussão a respeito do código porque isso seria ignorar o imenso trabalho já desenvolvido pela Câmara dos Deputados - assinalou.

Fonte:
Agência Senado

0 comentário