O novo Código amplia o negócio de manejo florestal

Publicado em 27/09/2011 09:12 381 exibições
O ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, disse ontem (26) que está confiante em que o Senado conseguirá unidade para a aprovação do Código Florestal, durante palestra para empresários na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). A nova legislação deve ampliar significativamente o mercado em soluções ambientais, projeta a empresa paulista Florestas Inteligentes, especialista no ramo. Ela prevê expansão acelerada no País, desde comercialização de mudas já adultas de árvores, como assistência técnica e projetos para reflorestamento. A empresa possui dois viveiros, em uma área de 7,8 hectares no Centro de Progressão Penitenciária Professor Edgard Magalhães Noronha, em Tremembé (SP), e espera faturar no próximo ano cerca de R$ 50 milhões. "Nós também prestamos serviço de aprovação de desmatamento, ou seja, vamos até o local, levantamos as variedades existentes, vemos se é possível sua retirada, fazemos o projeto, indicamos a quantidade de árvores a serem replantadas e acertamos a documentação legal junto aos órgãos competentes", explica o diretor da companhia, Paulo Franzine, que possui estoque de 1,5 milhão de mudas adultas e uma produção de 100 mil plantas por mês.
Fonte:
DCI

0 comentário