Menor safra de Feijão da história

Publicado em 09/01/2019 15:30
921 exibições

A menor colheita de primeira safra da história vai se confirmando minúscula e está diminuído a cada dia. O Paraná atinge 90% das lavouras de Feijão colhidas. Esta informação significava, há alguns anos, que os armazéns estavam lotados de Feijão-carioca e Feijão-preto. Mas, este ano, não tem. As lavouras de Feijão-preto no Paraná, que estão acabando de ser colhidas, apontam para 30/40% de produtividade menor. Lavouras que sempre renderam 40/45 sacos por hectare fecham agora com 20/25 sacos de 60 quilos, seja carioca ou preto. Consumindo mais de 110/120 mil  sacas só de carioca por dia, de onde tirar 3 milhões de sacas por mês? Fique atento: não haverá Feijão-preto para substituir na mesma proporção as perdas de Feijão-carioca. Por isso, não dê atenção ao que acontece no Brás, em São Paulo. Não perca tempo esperando cedo para saber se em São Paulo subiu ou desceu. Olhe no Clube Só Feijão, no WhatsApp ou no aplicativo do IBRAFE, e tome suas decisões baseado no que está acontecendo naquele momento nas vendas que são relatadas, daí sim comece a pensar sério se é necessário se desfazer do produto agrícola que mais valorizou nos últimos 60 dias e que vai seguir muito valorizado até começar a colher 200 mil sacos por dia.

Fonte: IBRAFE

Nenhum comentário