Preço do feijão sofre alta em RO devido a safra, mas produtividade deve aumentar em 2019

Publicado em 13/03/2019 11:38
366 exibições
Preço do feijão chegou a subir mais de 60%, segundo pesquisa realizada em Porto Velho. Municípios da Zona da Mata tem previsão de aumento na safra plantada este ano.

Quem procura no mercado um dos principais ingredientes do tradicional 'feijão com arroz' tem percebido a alta nos preços. O feijão está mais caro em todo o país, e segundo o Programa de Educação Tutorial (PET) do curso de Ciências Econômicas da Universidade Federal de Rondônia (Unir), nos primeiros meses deste ano, só em Porto Velho o valor subiu mais de 60%. O motivo principal dessa subida está relacionado a safra.

O aumento também foi comprovado pelo Instituto Brasileiro de Feijão (Ibrafe). A saca do feijão que era vendida por R$160 chegou a ser comercializada por R$ 410, mais que o dobro. E tudo isso porque a última safra teve redução de 20% em todo o país, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

"O problema principal é o clima. O feijão é uma cultura altamente suscetível as variações climáticas e houve excesso de chuvas, principalmente na época da colheita em diversos estados produtores como São Paulo, Paraná e Mato Grosso. Isso fez com que a produção caísse 20% na primeira safra, que foi plantada em setembro e colhida nos meses de dezembro e janeiro", explica Anderson Gomes, superintende da Conab.

Leia a notícia completa no site do G1

Fonte: G1

Nenhum comentário