Feijão: Dia santo não afasta compradores, diz Ibrafe

Publicado em 21/06/2019 15:30
377 exibições

Em pleno feriado, os compradores se mantiveram ativos. Em Minas Gerais e em Goiás, principalmente, os produtores foram bastante procurados. Após a pressão baixista exagerada, os arautos do desastre estão desmoralizados para continuar blefando. Com levantamentos que apontam a perda em produtividades em várias lavouras, os produtores chegaram a ter ofertas de corretores dispostos a pagar até R$ 150. Ocorre que a leitura dos produtores foi de que, se em pleno feriado há procura, é possível que a qualquer momento, por mercadoria extra, existam compradores pagando acima desta cotação.

Fonte: IBRAFE

Nenhum comentário