Feijão, por Ibrafe: Produtor deve ficar atento as negociações para garantir boa rentabilidade

Publicado em 22/01/2021 09:39 176 exibições

Cada atividade tem apresentado desafios crescentes para o seu desenvolvimento. Dentro da nossa atividade, dá impressão às vezes que há uma conspiração enorme que acaba por colocar a cada dia novos desafios para a pesquisa, os produtores, os corretores, os comerciantes e os empacotadores. Quem olha de longe acha que a nossa “grama é mais verde”. “Vender Feijão deve ser fácil, afinal todo mudo consome” não é raro a gente ouvir. Mas somos assolados por todo lado com novos desafios. Temos duas opções: 1 mudar de ramo e 2 ser o melhor em cada atividade, enfrentado os desafios e fazendo de cada um deles do limão uma limonada.

Agora, os produtores pensam que estão sendo prejudicados porque os empacotadores estão fazendo testes de resíduos e querem que o produtor assine um documento em que ele declara que aplicou os produtos recomendados e na dose certa. Os empacotadores estão consternados por levar multas de R$ 490 mil por carreta de Feijão que apresente, lá no supermercado, resíduos nas análises da ANVISA. Muito bem. Tem culpado. Tem sim. Produtores que são criminosos e utilizam produtos não recomendados. São aqueles que entregam para o vizinho Feijão dizendo “olha, este você pode comer, é o mesmo que reservo para mim”.

Qual a diferença deste e de um criminoso que aponta a arma e dispara contra as pessoas? Nenhuma. Não podemos passar a mão na cabeça de gente assim. Eles são os mesmo que receptam mercadoria roubada de sua fazenda, que utilizam produto contrabandeado.

Não se acostume com este tipo de atitude. Nada justifica ser bandido, mesmo que eles estejam nos cercando por todo lado. Ganhar dinheiro, sim, mas de forma honesta. Eles são os culpados por todo este problema. Damos graça que até agora a ANVISA não publicou os relatórios de 2020, pois eles não vão colocar em uma luz favorável o nosso setor. Passaremos por isso também trabalhando juntos. Precisamos encontrar formas de que a atividade seja interessante e segura para todos, começando aí com você que planta. Os empacotadores são fundamentais para que o produtor se fortaleça. As parcerias estão sendo consolidadas, de várias maneiras. Aproximem-se! O consumidor precisa de cada um de nós trabalhando juntos para que eles não fiquem sem alimentos.

Fonte:
Ibrafe

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário