Ibrafe: Recorde de exportação de Feijão-preto

Publicado em 21/06/2022 10:22

Surpreende para quem não acompanha o Clube Premier do IBRAFE há mais tempo tomar conhecimento que o Brasil passou a exportar Feijão-preto. Ao analisar os números de exportação do Brasil neste início de ano, lembramos que a Região Sul produziu pelo menos 80.000 toneladas a mais do que a média dos últimos anos e, consequentemente, aumentou a exportação. Em 2021 houve exportação de 25 milhões de dólares entre janeiro e dezembro, de Feijão-preto, e este ano se destaca, pois em 5 meses já ultrapassamos os 26 milhões de dólares. No volume exportado, batemos um novo recorde ao ultrapassarmos pela primeira vez na história as 8.500 toneladas. É pouco, mas é promissor quando lembramos que em 2018 era zero a exportação de Feijão-preto. Tenho defendido que o Brasil poderá exportar Feijões-pretos se os preços forem convenientes para nossos produtores, no primeiro semestre de cada ano, e importar, se for preciso, no segundo semestre, da Argentina. No início de cada ano temos uma concentração maior de oferta. Inclusive temos analisado os fluxos de ofertas mundiais com antecedência e, por volta do mês de setembro, podemos saber como será a oferta no início do ano seguinte.

Fonte:
Ibrafe

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário