Feijão, por Ibrafe: Pela enésima vez, preço nas fontes predomina

Publicado em 29/06/2022 08:45

Bom volume de negócios ontem nas fontes. E agora, quem olhou para a arapuca do Brás e vendeu, perdeu. Provado mais uma vez, a enésima, que a referência TEM QUE SER nas fontes e não o Brás. No Vale do Araguaia são poucos os produtores colhendo e acabaram conseguindo vender por R$ 350 mais ICMS. No Mato Grosso, produtores não aceitam menos de R$ 350 e estão conseguindo vender. Isto sinaliza ao mercado que, pelo menos por ora, este é o piso para Feijões extra irrigado.

Fonte:
Ibrafe

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário