Ministro acredita que definição eleitoral na Rússia deve acelerar fim do embargo aos frigoríficos brasileiros

Publicado em 07/03/2012 10:46 265 exibições
O ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, disse que, passadas as eleições presidenciais na Rússia, o imbróglio em torno do embargo russo a vários frigoríficos brasileiros, que se arrasta desde junho de 2011, deve ter um desfecho próximo.

“Com a definição eleitoral da Rússia eu acredito que nós possamos avançar mais nesse processo. Os contatos com o governo russo têm sido dos mais otimistas para nós”, disse Mendes Ribeiro à Agência Brasil. Segundo ele, o secretário de Relações Internacionais do Agronegócio, Célio Porto, já recebeu a determinação de entrar em contato com o governo russo para avançar nas negociações.

Em janeiro, Mendes Ribeiro esteve na Europa e se encontrou com a ministra da Agricultura da Rússia, Yelena Skrynnik, para tentar destravar o embargo à exportação de carne brasileira para o país europeu. O ministro voltou otimista. A própria ministra russa dependia do resultado das eleições para saber se continuaria ou não no cargo.

Mendes Ribeiro disse que, no encontro com a ministra russa, explicou que o serviço de inspeção dos frigoríficos brasileiros é federal, tornando injustificável o embargo feito a estados, como o ocorrido com o Rio Grande do Sul, terra natal do ministro, além do Paraná e de Mato Grosso, embargados totalmente.

Em 2011, os embarques de carne brasileira para a Rússia tiveram redução de 19,6%. Por segmento, os embarques para ao país tiveram redução de 1,1% na carne bovina, 50,5% na de frango e 39,4% na suína. No entanto, para outros mercados, houve aumento de 11,5%, 19,9% e 7%, respectivamente, o que acabou compensando o embargo russo.

Tags:
Fonte:
Agência Brasil

0 comentário