Suínos: Altos custos de produção desestimulam produção no RS

Publicado em 17/04/2012 10:30 353 exibições
As desvalorizações no mercado suinícola seguem intensas no decorrer de abril e aumentam a apreensão do setor. O aumento dos custos de produção  em virtude, principalmente, das altas do farelo de soja e do milho, componentes da ração, estão inviabilizando a atividade de muitos produtores do Sul do país.

O produtor do Rio Grande do Sul, Ilânio Jonher conta que está recebendo R$ 2,20 pelo quilo do animal terminado, enquanto gasta R$ 3 por quilo para a engorda.

O farelo de soja usado para alimentar os animais subiu 25% desde o começo do ano até agora. O saco de 60 quilos é vendido por R$ 56. Já o saco de milho, outro ingrediente da ração, está na casa dos R$ 30.

O preço da carne caiu 16%, enquanto o custo subiu cerca de 15% em um ano. Além da produção mais cara, a maior oferta no mercado contribuiu para a redução nos preços. As informações são da Associação dos Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul.

Com informações do G1.

Tags:
Por:
Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário