Suínos: Argentina fixa cota de importação da carne brasileira em 2,2 mil t ao mês

Publicado em 10/05/2012 18:14 382 exibições
O volume de carne suína que a Argentina poderá importar do Brasil, a partir de Maio, foi fixado em 2,2 mil toneladas por mês. O acordo estipula prazo de um ano e haverá revisão em três meses.
O ministro de Agricultura do Brasil, Mendes Ribeiro Filho, acertava com o ministro argentino Norberto Yauhar um número superior para cota, entre 3 mil e 3,5 mil toneladas por mês. 

No entanto, Moreno aceitou apenas o total anual de 26,4 mil toneladas, volume 20% menor do que a indústria importou em 2011. O acordo também não se estendeu aos exportadores brasileiros de embutidos e frios.

Além disso, foram impostas algumas regras. Entre elas, a indústria argentina deverá exportar o mesmo valor importado, além de apresentar listas de preços praticados no mercado interno. Essa indústria tem prazo de sete dias para apresentar suas listas de preços aplicadas no mercado local e o compromisso de exportação. Aquelas que não cumprirem o prazo e os requisitos não poderão importar. 
Tags:
Por:
Fernanda Cruz
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário