Mercado de Ovos passará a contar com Indicadores de Preços CEPEA/OVOS BRASIL

Publicado em 14/11/2012 14:18 414 exibições
Instituto Ovos Brasil firma parceria com Cepea para elaboração de Indicadores de preços diários de Ovos em diversas regiões do País.
O Instituto Ovos Brasil – entidade sem fins lucrativos de atuação nacional criado com a missão de expandir os conhecimentos sobre o ovo e, ainda, representar os interesses da cadeia produtiva – assinou no dia 1º de novembro contrato que firma parceria com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, para elaboração de indicadores de preços de ovos brancos e vermelhos em diversas regiões do País. A cadeia produtiva de ovos é a 26ª a integrar o portfólio de pesquisas contínuas do Cepea. Os estudos sobre esse mercado serão conduzidos com o objetivo principal de oferecer parâmetros confiáveis de preços a todos que interagem com o sistema produtivo de ovos. Os levantamentos do Cepea já estão sendo conduzidos e a estimativa é que as primeiras divulgações sejam feitas em fevereiro do ano que vem.
Conforme o presidente do conselho diretivo do Instituto Ovos Brasil, Rogério Belzer, “o processo de formação de preços de ovos no País ainda carece de referenciais que proporcionem maior simetria de informação a todos que constituem a cadeia. Nesse sentido, o Cepea tem a contribuir, aplicando também a este setor a experiência que acumula desde 1994 na elaboração de Indicadores de Preços, de forma idônea e isenta”. O diretor executivo do Instituto, José Roberto Bottura, ressalta ainda que “havia uma necessidade latente do setor produtivo de ovos, à qual a entidade estava atenta e, agora, através desta parceria, será possível proporcionar dados confiáveis que beneficiarão a todos”.
A equipe de pesquisa está aprofundando os estudos sobre a cadeia e já tem agendada visita às principais regiões produtoras. Inicialmente, serão formulados indicadores para os estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Em curto prazo, espera-se atingir outras regiões produtoras. São Paulo é o maior produtor, seguido de Minas Gerais. Além desses dois estados, também Rio de Janeiro está incluído já na primeira fase do trabalho, tendo em vista que é forte consumidor de ovos.
O trabalho de elaboração de preços de ovos brancos e vermelhos abrangerá, inicialmente, apenas o tipo extra, que costuma ser tomado como referência para preços dos demais tipos. Serão consultados periodicamente produtores, associações de produtores e compradores do segmento atacadista. Porém, vendas para o uso industrial não serão incluídas nos primeiros indicadores Cepea/Ovos Brasil. A princípio, o mercado contará com indicadores de preços ao produtor e no atacado – consumo in natura.
Após a reunião de dados específicos sobre os processos de produção e comercialização de ovos, a equipe Cepea iniciará a coleta diária de informações de mercado e submeterá os preços coletados a diferentes tratamentos estatísticos. O objetivo deste procedimento de praxe do Cepea é identificar os critérios de cálculo que mais adequadamente representem a realidade de cada segmento deste mercado (produtor e atacado).
Tags:
Fonte:
Cepea

0 comentário