Suínos: Em julho, suíno vivo valoriza até 7%

Publicado em 02/08/2013 10:04
376 exibições

Os preços do suíno vivo subiram em julho. No acumulado do mês (entre 28 de junho e 31 de julho), o preço médio pago ao produtor teve alta de 7% em São José do Rio Preto (SP), fechando a R$ 2,96/kg, em média, na quarta-feira, 31. No mesmo período, o aumento foi de 4% em Avaré/Fartura e de 3% na região SP-5 (Bragança Paulista, Campinas, Piracicaba, São Paulo e Sorocaba), com médias de R$ 2,80/kg e de R$ 2,87/kg no último dia de julho. Em Arapoti (PR), o quilo do vivo passou para R$ 2,64 e, em Erechim (RS), para R$ 2,57, altas de 7% e 4%, respectivamente, no acumulado de julho. Segundo colaboradores do Cepea, a valorização do suíno vivo está relacionada à baixa oferta de animais com peso ideal para abate, principalmente, no estado de São Paulo. Tradicionalmente, as cotações do animal sobem em julho, conforme aponta a série histórica do Cepea, iniciada em 2004. Entre os fatores que contribuem para elevar os preços neste período estão o aumento no consumo doméstico, favorecido pelas temperaturas mais baixas, e o fato de muitas empresas já começarem a formar estoques para as vendas de final de ano no mercado nacional.

Tags:
Fonte: Cepea

0 comentário