Brasil exportou 517,33 mil t de carne suína em 2013 e faturou US$ 1,36 bilhão, diz Abipecs

Publicado em 14/01/2014 09:26 479 exibições
Rússia foi o principal destino das exportações. Hong Kong e Ucrânia vieram em seguida

As exportações brasileiras de carne suína, em 2013, somaram 517,33 mil toneladas e US$ 1,36 bilhão, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína (Abipecs). A previsão da entidade, feita em dezembro, era de vendas externas de 510 mil t.
 
O resultado do ano revela queda de 11,04% nas exportações em volume e de 2,94% em valor, na comparação com 2012. Naquele ano, as vendas externas de carne suína foram de 581,52 mil toneladas (US$ 1,49 bilhão).
  
Em 2013, os principais destinos da carne suína brasileira, em toneladas, foram Rússia, com participação de 26,07%, Hong Kong, 23,44%, e Ucrânia, 13,18%. Do ponto de vista da receita, a sequência é a mesma: Rússia, com 30,31%, Hong Kong, com 21,28%, e Ucrânia, com 14,58%.
“Apesar da redução que tivemos em 2013 em volume e valor, ante 2012, consideramos que o ano foi positivo. Temos a expectativa de que em 2014 iremos conseguir números melhores e apostamos no aumento de exportações para o Japão e para a China, além de esperarmos obter acesso ao mercado da Coreia do Sul”, diz Rui Eduardo Saldanha Vargas, presidente da Abipecs.
 
Resultados de dezembro/2013 - Em dezembro, o Brasil exportou 37,35 mil t (US$ 100, 60 milhões). Houve queda de 7,68% no volume exportado em relação ao mesmo mês do ano passado, e queda de 2,94% na receita. Em volume, a Rússia foi o principal comprador (participação de 25,85%) e Hong Kong, o segundo (23,68%). Em receita, a Rússia respondeu por 31,57% das exportações em dezembro, e Hong Kong, por 20,07%.
 
Rússia, aumento de 72% - As exportações para a Rússia, em dezembro, foram de 9,65 mil t (US$ 31,76 milhões), um aumento de 72,02% em volume e de 92,39% em receita (US$ 31,76 milhões) na comparação com o mesmo intervalo de 2012. De janeiro a dezembro, o Brasil exportou para a Rússia 134,89 mil t no valor de US$ 411,90 milhões, crescimento de 6,15% em volume e de 12,20% em faturamento em relação a 2012.
 
Queda nas vendas para Ucrânia e Hong Kong – O Brasil vendeu para a Ucrânia, em dezembro, 2,27 mil toneladas (US$ 7,11 milhões), retração de 69,31% em volume e de 64,8% em valor. De janeiro a dezembro, as exportações para aquele mercado somaram 68,18 mil t e US$ 198,14 milhões, queda de 50,83% e 44,79%, respectivamente.
 
Para Hong Kong, os embarques caíram 18,98% em volume (8,84 mil t), em dezembro, e 24,89% (US$ 20,18 milhões) em valor. No ano, a retração foi de 2,77% em toneladas (121,25 mil t) e de 5,25% em receita (US$ 289,21 milhões) na comparação com 2012.

Principais destinos em dezembro:
1º Rússia - 9.653 toneladas - 25,85%
2º Hong Kong - 8.842 toneladas - 23,68%
3º Angola - 5.070 t – 13,57%
4º Cingapura - 2.412 t - 6,46%
5º Ucrânia – 2.273 t - 6,09%
 
Principais destinos em 2013:
1º Rússia - 134.891 toneladas - 26,07%
2º Hong Kong – 121.249 toneladas - 23,44%
3º Ucrânia - 68.184 t – 13,18%
4º Angola - 50.141 t - 9,69%
5º Cingapura – 28.784 t - 5,56%

Tags:
Fonte:
Abipecs

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário