Consumo de carne de frango cai 70% da Coréia do Sul por conta da gripe aviária

Publicado em 10/02/2014 14:36 383 exibições

A demanda doméstica por carne de frango na Coréia do Sul caiu 70% desde o último surto de gripe aviária no mês passado, informou o Ministério de Agricultura do país. 

Autoridades já abateram 3,2 milhões frangos e patos em 154 fazendas, Segundo Lee Jun Won, ministro da Agricultura. 

O governo do país da quarta maior economia da Ásia tenta tranquilizar os consumidores quanto aos produtos de frango, além de trabalharem em parceria com produtores e grupos de revendedores para promover o consumo e evitar uma grande queda nos preços. O ministro da Agricultura não deu detalhes sobre preços ou volumes que são comercializados no país.   

O preço do frango no varejo está custando 5,661 won (ou US$ 5,28) o quilo no dia 7 de fevereiro. Há um mês, o frango era comercializado a 6,064 won. Já o preço da costela bovina subiu para 4,442 won / 100 gramas, sendo que o mesmo volume era comercializado a 4,359. 

A Coréia do Sul, que é o terceiro maior comprador de milho, usado na produção de alimentos, ração e biocombustível, destruiu e queimou 6,5 milhões de frangos no último surto de gripe aviária, registrada entre dezembro de 2010 e maio de 2011, segundo informações do governo.

A propagação do vírus H7N9 entre frangos nos mercados de aves vivas na província de Guangxi, na China, aumentou o risco de se espalhar por outros países vizinhos, representando risco para a saúde humana, segundo a FAO (Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação). 

A Coréia do Sul ainda não registrou nenhum caso de mortes de pessoas causadas pelo vírus H7N9. 

Informações: Bloomberg

Tradução: Fernanda Bellei

Tags:
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário