Suínos: Produtor tem vantagem na compra de milho, mas perde na de farelo

Publicado em 23/05/2014 10:35 306 exibições

Apesar das recentes desvalorizações do suíno vivo, o poder de compra de suinocultores paulista e catarinense segue aumentando em maio frente ao milho, conforme levantamentos do Cepea. Isso porque os preços do insumo têm recuado com mais intensidade, devido ao maior volume ofertado no mercado interno, com o término da colheita da safra de verão e as boas expectativas para a segunda safra. Já frente ao farelo de soja, a situação tanto do suinocultor paulista como do catarinense piorou no correr deste mês. De modo geral, de acordo com pesquisadores do Cepea, os recuos de preços do suíno vivo seguem atrelados à pressão compradora. Por conta das vendas fracas no atacado e varejo, frigoríficos retraem-se na tentativa de negociar o animal a preços mais baixos. Em alguns casos, os abatedouros preferem redistribuir as escalas, alongando-as. Com os recuos nas cotações das carnes bovina e de frango, o movimento de desvalorização do animal se acentuou, além de derrubar os valores da carne suína.

 

Tags:
Fonte:
Cepea

0 comentário