Suínos: Maiores demandas interna e externa elevam preço da carne

Publicado em 26/06/2014 10:10 237 exibições

As cotações da carne suína seguem em alta no mercado brasileiro, conforme pesquisas do Cepea, devido à maior demanda por parte de atacadistas e do bom ritmo dos embarques. Entre 18 e 25 de junho, a carcaça comum negociada no atacado da Grande São Paulo registra elevação de 3,1%, com o quilo cotado na média de R$ 5,19 nessa quarta-feira, 25. No mesmo período, a média da carcaça especial subiu 2%, para R$ 5,46/kg na quarta. Além do aumento das vendas de cortes desossados para atender à demanda de turistas (Copa do Mundo), as temperaturas mais baixas vêm contribuindo para aquecer o consumo. As exportações brasileiras de carne suína in natura também vêm ajudando a enxugar o volume disponível no mercado doméstico e elevar as cotações. Dados da Secex referentes ao acumulado de junho (até a terceira semana) mostram que a média diária exportada está em 2 mil toneladas, ante 1,5 mil toneladas diárias em maio e 1,7 mil toneladas em junho/13. Assim, vem se confirmando a expectativa de que o setor poderá encerrar junho com o maior envio do ano, de 39,2 mil toneladas, e faturamento recorde, de US$ 163,1 milhões.

Tags:
Fonte:
Cepea

0 comentário