Suíno Vivo: RS e SP apresentam alta nesta semana

Publicado em 08/07/2014 13:03 e atualizado em 09/07/2014 12:55 335 exibições

O suíno vivo apresentou mais uma alta expressiva em São Paulo nesta semana, alcançando o preço de R$4,05/kg. Houve alta também no Rio Grande do Sul, onde os preços saltaram para R$3,61/kg. Nas demais principais praças os preços continuam estáveis, mas a tendência indica para uma maior valorização.

No Rio Grande do Sul, a Pesquisa Semanal da Cotação do Suíno, milho e farelo de soja, realizada nesta segunda-feira (7), indica uma queda nos insumos para o estado, o que ajudou a apoiar a alta. O valor da saca de 60 quilos do milho ficou em R$ 25,10 (anterior R$ 25,37) e o farelo de soja ficou em R$ 1.061,25 para pagamento à vista (anterior R$ 1.088,75) e em R$ 1.067,50 com 30 dias de prazo (anterior R$ 1.100,00).

No entanto, apesar do cenário otimista para as exportações, dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior apontam que os embarques de carne suína do Brasil renderam US$ 17,5 milhões nos quatro dias úteis de julho (até primeira semana de julho), com média diária de US$4,4 milhões. A quantidade total exportada pelo país no mês chegou a 5,1 mil toneladas, com média diária de 1,3 mil toneladas. O preço médio da tonelada ficou em US$ 3.437,3.O desempenho representa uma baixa de 44,3% frente à média diária de US$7,9 milhões obtida em junho, que teve receita total de US$ 157,1 milhões.

Estas negativas devem ser posteriormente recuperadas devido ao cenário atual, uma vez que as exportações estão apoiadas nas crises sanitárias que ocorrem especialmente nos Estados Unidos. O conflito entre a Rússia e a Ucrânia também impulsionou a demanda russa. Em três semanas, quase 10 frigoríficos brasileiros que estavam vetados pelos russos foram liberados.

Confira os preços do suíno vivo nas principais praças:

(Cotações via Suinocultura Industrial)

Tags:
Por:
Izadora Pimenta
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário