Suíno Vivo: Semana encerra com alta em quase todas as praças e vendas acima da referência em SP

Publicado em 10/10/2014 17:25 e atualizado em 10/10/2014 18:05 281 exibições

Nesta sexta-feira (10), diversas praças apresentam altas aos preços praticados para o suíno vivo.  Santa Catarina passou de R$ 4,40 para R$ 4,50/kg, enquanto Minas Gerais sofreu o reajuste de 4,35% e negocia a R$ 4,80/kg. Em São Paulo foram realizados novos negócios acima da referência da cotação recorde de R$ 93/@, o equivalente a R$ 4,96/kg.

Segundo informações da Associação Paulista de Criadores de Suínos (APCS), o produtor Carlos Alberto Cunha realizou a venda de 440 suínos em Brotas (SP) por R$ 94/@, o equivalente a R$ 5,01/kg,  além de 660 animais por R$ 95/@ ou R$ 5,06/kg. Segundo Valdomiro Ferreira, presidente da APCS, as referências da Bolsa de Suínos de São Paulo poderão chegar a R$ 100/@ até o final do mês, impulsionado pela escassez na oferta de animais e pela melhora da demanda, no mercado externo e interno.

Os preços praticados em São Paulo são históricos, mas os valores pagos no mercado externo estão melhores aos produtores. Com isso, a demanda externa tem impulsionado diversos negócios, principalmente com destino à Rússia. Valdomiro explica que por existir uma janela curta para a Rússia, devido as geleiras, o ritmo de compras está mais intenso. Já no mercado interno, a demanda está crescente, principalmente pelas compras da indústria e do varejo para o período do final do ano.

Apesar da boa demanda, o momento é de cautela entre os suinocultores, visto que a situação econômica do país não é estável, assim com a da Rússia. Ferreira explica que é preciso esperar a definição das eleições presidenciais, para saber qual será a política cambial adotada, além de níveis de inflação.  

Semana

Durante toda a semana, as principais praças demonstraram fortes reajustes para os preços praticados. Parte disso, impulsionado pelos valores mais altos de São Paulo e Minas Gerais, além da pouca oferta de animais disponíveis.

Tabela de suinos

Segundo levantamento realizado pelo Notícias Agrícolas, o estado de Minas Gerais foi o que mais apresentou variação, de 4,35%. Em seguida vem o Paraná, com 3,29%, fechando a semana a R$ 4,39/kg. Já em Santa Catarina, essa variação foi de 3,03%. Apenas em Mato Grosso e Goiás não foram registradas nenhuma variação. 

Confira os preços nas principais praças nesta sexta-feira (10): 

Suíno vivoSuíno vivoFonte: Suino.com
Estado Preço Máximo (R$/kg vivo) Variação (%)
VER HISTÓRICO »FECHAMENTO: 10/10/2014
Santa Catarina 4,50 +2,27
Paraná 4,39 0,00
Rio Grande do Sul 4,53 0,00
São Paulo 4,96 0,00
Mato Grosso 3,95 0,00
Goias 4,50 0,00
Minas Gerais 4,80 +4,35
BRF/SC* 3,40 +3,03
Aurora/SC* 3,50 +2,94
Pamplona/SC* 3,30 0,00
Tags:
Por:
Sandy Quintans // André Lopes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário